22 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Pelé diz em testamento que pode ter mais uma filha herdeira

O ex-jogador Pelé deixou consignado em seu testamento que pode ter uma outra herdeira além de sua viúva, Márcia Aoki, de seis filhos e de dois netos.

CORREIO 

Em setembro de 2022, o Tribunal de Justiça de São Paulo despachou uma carta precatória de intimação para que ele fosse submetido a um teste de paternidade.

CORREIO 2 

A ação é movida por Maria do Socorro Azevedo, que é representada pela Defensoria Pública. O processo corre sob segredo de Justiça em Itaquera (SP).

CORREIO 3 

Os advogados do rei decidiram não recorrer da intimação e afirmaram que o teste de DNA é natural em uma ação de paternidade. Pelé, no entanto, não chegou a fazer o teste. Ele morreu em dezembro do ano passado, vítima de um câncer.

CORREIO 4 

Os filhos do rei foram aconselhados a se submeter ao teste para confirmar, ou não, a paternidade. Resistir a isso apenas protelaria a solução do inventário.

BALANÇA 

O ex-craque deixou uma fortuna ainda não especificada pela Justiça, mas já estimada em US$ 15 milhões. Além de uma casa no Guarujá (SP), ele tinha investimentos em imóveis comerciais e detinha parte dos direitos sobre a marca “Pelé”.

ASSINATURA 

Nesta semana, a viúva dele, Márcia Aoki, contratou o escritório PLKC Advogados para representá-la no inventário do rei. Márcia e o craque se casaram em 2016. O ex-jogador já tinha 75 anos.

ASSINATURA 2 

Como a lei obriga todas as pessoas que têm mais de 70 anos a se casarem no regime de separação obrigatória de bens, Márcia não teria direito à herança depois da morte do marido.

ASSINATURA 3 

Pelé, no entanto, deixou um testamento, assinado em 2020, destinando 30% de todos os seus bens a ela —e especificou justamente a casa dele no Guarujá como bem que deve ficar com Márcia.

NA MEDIDA 

O patrimônio do craque deve ser ainda dividido entre seis filhos e os dois netos de sua filha Sandra, que morreu de câncer em 2006. Desta forma, a viúva será a principal herdeira. Cada um dos demais deverá ficar com cerca de 10% do total dos bens.

POR AMOR 

“Pelé, sabendo que a Márcia não seria sua herdeira, fez questão de protegê-la. O testamento que deixou foi uma declaração de amor a ela”, diz o advogado Luiz Kignel, do PLKC Advogados.

POR AMOR 2 

Ele afirma ainda que “não há divergência entre os herdeiros”, e que tanto a viúva quanto filhos e netos “buscam uma composição amigável para preservar a memória de Pelé”.

PEDIDO

Filhos do rei do futebol pedem à Justiça que o processo em que discutem a partilha dos bens do pai, na 2ª Vara de Família e Sucessões do Foro de Santos, seja colocado sob sigilo. Eles alegam que não são pessoas públicas e que não podem ter a intimidade violada pela publicação de reportagens.

PEDIDO 2

Um primeiro pedido neste sentido, no entanto, já foi negado pela juíza Suzana Pereira da Silva. Ela alegou que o inventário é de interesse também de outros eventuais herdeiros e de credores. O ex-goleiro Edinho, filho de Pelé, pediu para ser o inventariante, mas seu pedido também foi rejeitado .A Justiça deu prazo de 15 dias para que a viúva se manifeste sobre a possibilidade de ser ela a inventariante. Márcia ainda não decidiu se assumirá a tarefa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *