Governador Cláudio Castro assina termo de cooperação para fortalecer políticas públicas de proteção à mulher

O governador Cláudio Castro firmou, nesta segunda-feira (20/05), no Palácio Guanabara, um acordo para fortalecer políticas públicas voltadas para a proteção da mulher. Intitulada como “Antes que aconteça”, a ação, elaborada em conjunto com o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, tem o objetivo de alinhar tecnologia e inovação no monitoramento das mulheres que são vítimas de violência doméstica e familiar. Também serão aprimoradas nas ferramentas já existentes, como o app Rede Mulher, que possui o “botão do pânico”, além de outras funcionalidades.

–  A assinatura deste termo de cooperação intensifica o trabalho integrado que é realizado pelas nossas secretarias e demais órgãos do estado e ainda reforça o foco em tecnologia da nossa gestão. Além disso, a mulher vítima de violência precisa ser atendida em qualquer lugar em que for procurar ajuda, seja em uma delegacia ou em um posto da Defensoria Pública. Isso sim é política pública de verdade – disse Castro.

Também assinaram o termo os secretários de Estado da Segurança Pública, Victor Santos; de Ciência, Tecnologia e Inovação, Mauro Azevedo; da Mulher, Heloisa Aguiar, o presidente do TJRJ, o desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo, além das testemunhas Soraya Santos, deputada federal e autora do projeto e da desembargadora do TJ Adriana Ramos.

–  Tenho muito orgulho em promover esse movimento na Secretaria da Mulher, com ações para o enfrentamento às mulheres vítimas de violência doméstica, aliando o nosso trabalho a outras pastas do estado e ao TJRJ – destacou Heloisa Aguiar, secretária da Mulher.

O protocolo ainda vai analisar o cenário de atendimento multidisciplinar da rede de proteção às vítimas de violência no âmbito jurídico, da segurança e da saúde, como também o planejamento e desenvolvimento de programas de treinamento para capacitar agentes na repressão de crimes contra mulheres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *