22 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Polícia pede prisão de 5 traficantes da Maré por morte de PMs do Bope

A Polícia Civil pediu a prisão de 5 traficantes do Complexo da Maré pela morte de dois policiais do Bope. Nesta quinta-feira (11), completa um mês da operação que os agentes Jorge Henrique Galdino Cruz e Rafael Wolfgramm Dias foram baleados e morreram. Além dos PMs, outras quatro pessoas morreram.

Os bandidos são: Alexandre Ramos Nascimento, o Pescador; Thiago da Silva Folly, o TH ou Gabigol; Edmilson Marques de Oliveira, o Cria ou Di Ferro; Michel de Souza Malveira, conhecido como Bill, Mano Bill, Mangolê ou César; e Silas dos Santos Marciano, o Carrapato da Maré.

Vídeos, obtidos com exclusividade pelo RJ2, mostram como se deu o tiroteio que resultou na morte de Jorge Cruz e Rafael Wolfgramm e a fuga dos chefes do tráfico. Na ocasião, o policial militar Alan Mendes de Lima foi atingido por estilhaços. Naquele dia, os agentes estavam na região em busca de criminosos.

De acordo com a polícia, Thiago Folly, Edmilson Marques e Michel de Souza são lideranças do tráfico no Complexo da Maré

Polícia conseguiu montar organograma do crime na Maré. — Foto: TV Globo/Reprodução
Polícia conseguiu montar organograma do crime na Maré

Somente contra Thiago Folly há mais de 220 anotações criminais por tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubos, homicídios e vários outros crimes.

Ele também está envolvido na morte do cabo do Exército Michel Augusto Mikami, do soldado da Força Nacional Hélio Messias Andrade, e do guarda municipal William Mendes de Oliveira. Este último teria sido capturado na frente da família, foi torturado, espancado e morto por tiros de fuzil.

O tiroteio

O relógio marcava 9h27 quando duas pessoas caminham pela calçada normalmente. Dezesseis segundos depois tiros disparados por bandidos voam na direção de pedestres e explodem no muro de um quartel do Exército.

Câmera de segurança mostra o momento em que PMs chegam no Morro do Timbau — Foto: Reprodução/TV Globo
Câmera de segurança mostra o momento em que PMs chegam no Morro do Timbau

 

Policiais estavam em um galpão checando a informação de que chefes do tráfico se escondiam na Rua Guilherme Maxuell, no Morro do Timbau. De acordo com o relatório da Delegacia de Homicídios (DH), o terreno não tinha câmeras, mas investigadores conseguiram imagens do lado de fora, na mesma rua.

As imagens mostram os policiais recuando com o tiroteio. Nesse momento, dois agentes já estavam baleados dentro do galpão. O relatório diz ainda que foram 16 minutos até o socorro.

Segundo o relatório, enquanto os agentes tentavam socorrer os colegas, bandidos fortemente armados invadiram pelo menos três empresas para fugir.

Dois deles entraram em uma oficina pelo telhado, segundo a polícia. Câmeras os registraram no mezanino.

Imagens mostram tiroteio que acabou com morte de policiais do Bope e fuga de chefes do tráfico na Maré — Foto: Reprodução/TV Globo
Imagens mostram tiroteio que acabou com morte de policiais do Bope e fuga de chefes do tráfico na Maré

 

Segundo a polícia, Alexandre Ramos Nascimento, conhecido como Pescador, aparece falando com um funcionário. O bandido exige a chave de um carro e foge com um homem identificado como Trator.

De acordo com a polícia, Pescador responde a 83 crimes, entre tráfico e homicídios.

Outros quatro fugiram pelos fundos do galpão: o primeiro a pular o muro é Michel de Souza Malveira, o Mangolê, seguido de Edmilson Marques de Oliveira, o Cria. Logo atrás, para a polícia, vem o chefe da comunidade, Thiago da Silva Folly, conhecido como Th. Por último, Silas dos Santos Marciano, chamado de Carrapato da Maré, segundo o documento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *