21 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Mangaratiba: Unidades escolares serão contempladas com projeto de Educação Ambiental

O ano letivo de 2024 está com uma novidade na rede municipal de ensino. Nesta terça-feira (05), a Prefeitura de Mangaratiba, através da Secretaria de Meio Ambiente, apresentou o novo projeto de Educação Ambiental que será oferecido nas escolas, o ‘Galerinha Ambiental’. O lançamento aconteceu no Centro Cultural Cary Cavalcanti, e contou com a presença do subsecretário da pasta, Alan Vidal e de diretores das unidades escolares.

O projeto tem como objetivo abordar assuntos como impactos ambientais e conservação de espécies do município, através de palestras com educadores ambientais e da mascote Sussu – uma onça parda. Também será apresentada uma cartilha digital, com dicas importantes para as crianças, com a participação de 15 mascotes (animais silvestres da região) escolhidos pela secretaria.  No final, os alunos participarão de uma gincana com direito a premiação.

O projeto, destinado neste primeiro momento aos alunos do 6º ano, iniciará na próxima semana nas escolas:  Antônio Cordeiro Portugal (Serra do Piloto), Maria Helena de Almeida Ferrazani (Ibicuí) e Paulo Scofano (Praia da Gamboa). Na segunda etapa serão contempladas as unidades: Caetano de Oliveira (Itacuruçá), CIEP 294 (Praia do Saco), Nossa Senhora da Graças (Muriqui) e Coronel Moreira da Silva (Centro).

O subsecretário da pasta, Alan Vidal, comemorou o lançamento do projeto que foi idealizado por ele.

“Estou muito feliz com a concretização desta ação de educação ambiental. Queremos formar pessoas críticas e conscientes, que irão se tornar fiscais ambientais. Além de terem muito orgulho das nossas riquezas ambientais. Nosso objetivo é levar esse projeto para um público maior o quanto antes”.

Roberta Oliveira, diretora da escola Caetano de Oliveira, aprovou a novidade.

“A questão da conscientização é fundamental para uma reeducação, que com certeza é a base para o êxito de uma cidade mais limpa e sustentável. Com esse projeto formaremos influenciadores, que estarão aptos para multiplicar a informação da importância da conservação”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *