14 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Quaest: Canella, com 51%, larga na frente em Belford Roxo; Matheus do Waguinho tem 25%

Na que deve ser a eleição mais disputada da Região Metropolitana do Rio, a oposição larga na frente em Belford Roxo, segundo a primeira pesquisa Quaest sobre as intenções de voto na cidade da Baixada Fluminense.

O deputado estadual Márcio Canella, do União Brasil, estreia com 51%. Matheus do Waguinho (Republicanos), sobrinho e pré-candidato do atual prefeito, Wagner Carneiro, aparece em segundo, com 25%. Assis Freitas (PSB) e Gustavo Ferreira (Novo) têm 1% cada um.

Doze por cento dos entrevistados disseram estar indecisos; e 10% afirmaram que não pretendem votar em ninguém — preferem anular, digitar a tecla em branco, ou nem aparecer na sua zona eleitoral. A margem de erro é de três pontos percentuais — para mais ou para menos.

De acordo com o levantamento, se houvesse um segundo turno, Canella seria eleito com 55%, enquanto Matheus marcaria 27%.

Chama a atenção a mudança na disposição do eleitorado quando os entrevistadores apresentam os padrinhos políticos dos pré-candidatos. Canella, apoiado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), cai de 55% para 53%. E Matheus, incensado pelo presidente Lula (PT), sobe de 27% para 36%. É bom lembrar que Waguinho, mentor de Matheus, foi o único prefeito da Baixada a apoiar Lula em 2022.

E por falar em padrinhos, 28% disseram que votariam em quem Bolsonaro indicar, mesmo sem conhecer o candidato. Enquanto 69% responderam que não seguiriam a liderança do ex-mandatário da República. Já Lula seria seguido incondicionalmente por 29%. Outros 69% informaram não estar dispostos a aceitar a indicação do presidente.

 

Avaliação do governo Waguinho

Curiosamente, apesar de Matheus estar perdendo para Canella no índice de intenção de votos detectada pelo Quaest, a avaliação do governo Waguinho, tio do rapaz, é boa.

Para a maior parte dos entrevistados, 42%, a administração Waguinho tem sido positiva. Para 30% , é regular; enquanto 25% disseram achar que é negativa. Só 3% disseram não saber ou não querer responder.

Ao avaliar as áreas de atuação da prefeitura, 49% disseram que a segurança pública e o trânsito na cidade pioraram. Foram as áreas mais criticadas. Os entrevistados também acharam que houve piora no tratamento de esgotos (48%); e no transporte público (40%)

As atuações mais elogiadas da administração municipal foram no asfaltamento (69% disseram estar melhor); na saúde (64%); e na educação (59%).

A Quaest entrevistou 614 pessoas face-a-face, entre os dias 14 e 15 de junho, por meio de questionários estruturados. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral e protocolada com o número RJ-06957/2024, no dia 13 de junho de 2024.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *