Programa “Escolas mais seguras” está a todo vapor em Japeri

Viaturas estão patrulhando as redondezas dos colégios japerienses

As escolas de Japeri receberam um importante reforço na segurança nas últimas semanas: o programa “Escolas mais seguras”. Cinco viaturas da Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Urbana estão realizando rondas nos colégios municipais, estaduais e particulares da cidade, desde o dia 27 de fevereiro. Guardas municipais e agentes de trânsito ficam posicionados de forma estratégica nos portões das unidades de ensino, com um foco especial nos horários de entrada e saída dos alunos.

De acordo com o secretário de Segurança e Ordem Urbana, Jorge Dantas, o programa possui um papel imprescindível para o presente e o futuro das crianças japerienses. “O nosso objetivo imediato é oferecer mais segurança para os alunos e os seus responsáveis. Sabemos que as famílias se sentem mais protegidas quando uma viatura está na porta da escola. Além disso, queremos melhorar o fluxo de trânsito nas redondezas dos colégios e aproximar o poder público do povo. A longo prazo, o programa terá um impacto positivo no relacionamento entre as pessoas e as forças de segurança”, projetou. 

Apesar do “Escolas mais seguras” ser um programa recente, os efeitos positivos já são notados pelos pais e responsáveis dos alunos. O cozinheiro Marcelo Lemos tem um filho matriculado no Colégio Cenecista Prof. Lina Monte Mór (CNEC) e está satisfeito com o início do projeto. “Deixar o meu filho na escola e saber que uma viatura estará protegendo o perímetro é algo maravilhoso para um pai. A segurança das nossas crianças é prioridade. Consigo focar nos meus afazeres do dia a dia com mais tranquilidade”, comemorou. 

A orientadora pedagógica da Escola Municipal Ary Schiavo, Damiana Soares, destacou a importância do programa para o sistema educacional de Japeri. “O sucesso do “Escolas mais seguras” pode garantir a paz que todos nós precisamos para executar um bom trabalho. O professor educa, o aluno estuda e as forças de segurança garantem a nossa proteção. Se todos os envolvidos se esforçarem, a educação do nosso município irá continuar evoluindo. É isso que todos nós desejamos”, pontuou a professora. 

Outro benefício do programa é o aumento do contato entre as autoridades e as crianças. Os agentes de segurança estão promovendo conversas com os alunos em sala de aula e aconselhando os jovens a se manterem distantes de brigas e da prática do bullying. A expectativa é que o programa “Escolas mais seguras” diminua os índices de violência e ajude a criar uma maior cooperação entre responsáveis, alunos, professores e agentes de segurança. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *