Governo irá antecipar pagamento do Bolsa Família para atingidos pela estiagem no RS

O governo federal irá anunciar a antecipação do pagamento do Bolsa Família para municípios atingidos pela seca no Rio Grande do Sul. Assim como fez com os beneficiários residentes nos municípios atingidos pelas chuvas no litoral norte de São Paulo, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social irá anunciar a antecipação do pagamento do benefício para o dia 20 de março.

O calendário original previa que o pagamento fosse feito entre os dias 20 e 31 de março, de forma escalonada. No Estado, já são 284 municípios com decreto de emergência pela seca, dos quais 30 já deram entrada na Secretaria Nacional de Defesa Civil e tiveram sua situação reconhecida pelo governo federal até a última sexta-feira.

Nesta quinta-feira, cinco ministros de Lula irão ao Estado visitar áreas que sofrem com a estiagem. A comitiva do governo federal, formada por 25 pessoas, inclui os ministros Wellington Dias (Desenvolvimento Social), Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário), Carlos Fávaro (Agricultura), Waldez Góes (Desenvolvimento Regional) e Paulo Pimenta (Secretaria de Comunicação Social).

O grupo irá visitar os municípios de Hulha Negra e Bagé, onde irão anunciar medidas emergenciais em conjunto do governo federal para enfrentando da seca.

Na tarde desta quarta-feira, os ministros que irão para o RS se reúnem com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para preparar a visita.

— Orientação do presidente é darmos apoio ao estado. Além de alimentos e água para o consumo, alternativas de auxílio e crédito para produtores, pequenos e médios, assentados, indígenas para alimentação dos animais e das aves. E ainda trataremos sobre antecipação do calendário do Bolsa Família — disse Wellington Dias ao GLOBO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *