23 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Defesa Civil de Nova Iguaçu vai apresentar projeto Escolas Seguras em evento da ONU no Uruguai

Desenvolvido em Nova Iguaçu desde 2017, o Projeto Escolas Seguras: Desenvolvendo a Resiliência através da Educação, da Secretaria Municipal de Defesa Civil _ em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e o Centro de Estudo e Pesquisa sobre Desastres (CEPEDES) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) , vai ser um dos destaques da VIII Plataforma Regional para Redução de Riscos de Desastres nas Américas e no Caribe (PR23). O evento, que acontece em Punta del Este, no Uruguai, nesta quarta-feira (1º), é promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU). O “Projeto Escolas Seguras” já foi realizado em 29 escolas municipais de Nova Iguaçu, capacitando 11.578 alunos, 1.481 professores e funcionários, totalizando 13.059 pessoas _ tem como objetivo tornar as unidades de ensino da rede municipal mais seguras, com o desenvolvimento de uma cultura de prevenção e percepção de riscos a desastres.

A Plataforma Regional ocorre periodicamente e reúne governos da América do Sul e Caribe para a discussão e troca de experiências de projetos, programas e ações de prevenção, mitigação, preparação, resposta a desastres e para a redução do risco de desastres.
“Será a primeira vez que Nova Iguaçu é representada em um evento internacional sobre redução do risco de desastres. O mundo vai conhecer uma das ações mais exitosas do poder público municipal para o desenvolvimento da cultura de prevenção contra desastres em nossa cidade. Nossos agentes também poderão conhecer e trocar informações com representantes de defesas civis de outros países”, afirmou o secretário de Defesa Civil de Nova Iguaçu, coronel Jorge Ribeiro Lopes.

A PR23 é uma oportunidade para governos, organismos intergovernamentais, setor privado, sociedade civil e comunidade científica para trocar experiências e facilitar decisões sobre o Plano de Ação Regional para a implementação do Marco de Sendai nas Américas e no Caribe, acordado em março de 2017, em Montreal, Canadá. O Marco Sendai pretende reduzir riscos de desastres existentes e prevenir novos por meio da implementação de medidas integradas e inclusivas em âmbito econômico, estrutural, legal, social, saúde, cultural, educacional, ambiental, tecnológico, político e institucional que previnam e reduzam a exposição ao risco e a vulnerabilidade a desastres, aprimorem a preparação para a resposta e para recuperação e, dessa forma, fortaleçam a resiliência. A Plataforma conta com diversos espaços de sessões de apresentação de trabalho, produtos e projetos no campo da redução do risco de desastres.

A comitiva que representa Nova Iguaçu é composta pelo tenente coronel Vilson Santos do Nascimento, Superintendente de Defesa Civil, Mariana Oliveira da Costa, Coordenadora do Projeto Escola Seguras e por Josias do Nascimento Lins, Chefe de Equipe Operacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *