Campos: Semana do Meio Ambiente: Prefeito lança Parque Ecológico Urbano e Vias Verdes

Na abertura da Semana Mundial do Meio Ambiente, nesta segunda-feira (3), Campos ganhou dois importantes projetos de sustentabilidade: o Parque Ecológico Urbano que vai contar uma minifloresta com 100 mil metros quadrados de espécie da Mata Atlântica e Vias Verdes, que prevê o plantio de mais de 2 mil árvores em 30 vias do município. O lançamento foi feito pelo prefeito Wladimir Garotinho no Centro de Educação Ambiental Prata Tavares (CEA). Os dois projetos, que vão deixar o município mais verde, têm previsão de início ainda neste mês.
“Os dois projetos que estamos lançando vai dar mais qualidade de vida, vai deixar a cidade mais bonita, vai inclusive diminuir a temperatura geral da cidade. Nós estamos falando de muitas árvores e também do Parque Ecológico, que tem mais de 100 mil metros de Mata Atlântica. A cidade vai ficar mais bonita, mais verde e ter mais atrativo turístico. E é, enquanto poder público, investir em programas em benefício do meio ambiente, da economia sustentável, a fim de assegurar mais qualidade de vida para as gerações atuais e futuras”, falou o prefeito.
MINIFLORESTA DE MATA ATLÂNTICA
 
O Parque Ecológico Urbano vai contar com uma área de cerca de 320 mil metros quadrados e, destes, 10 hectares serão de Mata Atlântica. O espaço, a ser implantado na Avenida Arthur Bernardes, vai ser construído por etapa e vai contar com lago; viveiro; área esportiva; quadra poliesportiva; quadra de areia; pista de skate; pista de bicicross ou BMX; playground infantil; posto de Guarda Municipal; posto de Polícia Florestal; centro administrativo; estacionamento multiuso; módulos de banheiros; espaço gastronômico e cinturão viário interno.
O espaço vai ser implantado com recurso municipal e em parceria com a concessionária Águas do Paraíba e o Governo do Estado. “Estamos convidando empresas que quiserem se unir ao município para a construção deste parque, que vai ser um legado para a cidade. Um sonho de todo campista é ter um parque como local de lazer, de convivência, de turismo, de esporte e, sobretudo, de um lugar que promova desenvolvimento econômico, porque meio ambiente também representa desenvolvimento econômico”, disse Wladimir.
Pela grandiosidade do Parque Ecológico Urbano, a construção vai ser feita por etapas. O projeto é da Secretaria de Planejamento Urbano, Mobilidade e Meio Ambiente, feito em parceria com o curso de Arquitetura e Urbanismo do ISECENSA, recomendado pelo Plano Diretor Participativo da Cidade, sendo meta de governo da atual gestão.
AVENIDAS ARBORIZADAS EM BAIRROS DOS DOIS LADOS DO PARAÍBA
Outro projeto lançado, o Vias Verdes, prevê uma Campos mais arborizada. Elaborado pela Subsecretaria de Meio Ambiente, o projeto, custeado com recursos oriundos do Fundo Municipal de Meio Ambiente (FUMMAM), vai viabilizar o plantio de cerca de 2.200 árvores de espécies nativas da Mata Atlântica, totalizando 25 km de área de plantio.
As vias que vão receber as árvores foram decididas após estudo técnico, a fim de cobrir grande parte da malha urbana, considerando a área de grande circulação de pessoas e de ligação do tráfego de veículos entre as regiões de ambas margens do Rio Paraíba do Sul, atravessando a cidade em toda sua extensão no sentido oeste-leste e incluindo os principais eixos de ligação entre os diversos bairros da cidade.
O subsecretário de Meio Ambiente, René Justen, informou que o impacto positivo do plantio das árvores será imediato.
“As árvores plantadas serão de porte médio, em torno de dois metros de altura, e já frondosas. Imediatamente a população vai sentir os benefícios com sombra e o aspecto de tranquilidade que o paisagismo propõe, além do controle de absorção de partículas poluentes. A arborização urbana atenua as emissões de carbono”, destacou Renè.
O diretor técnico da pasta, Carlos Ronald, explicou que as árvores vão ser distribuídas tanto na margem direita quanto na esquerda do Paraíba. “As espécies foram selecionadas e vão ser distribuídas respeitando a estrutura de cada via, como a largura, comprimento e rede elétrica. Na Arthur Bernardes, por exemplo, vão ser plantadas Palmeiras”.
PLANTIO SIMBÓLICO EM GUARUS
Durante a cerimônia de abertura da Semana do Meio Ambiente, o prefeito realizou de forma simbólica o plantio de um Araçá Roxo, no canteiro da Avenida José Carlos Pereira Pinto, uma das espécies previstas para ser plantada no Vias Verdes.
São 21 variedades de espécies de árvores nativas a serem plantadas, a exemplo de Pau Brasil, Sapucaia, Angelim, Ipê Roxo, Ipê Amarelo, Araçá, Canela Ferrugem e ainda a Palmeira Jeribá. Entre as vias previstas no projeto, estão Avenida Alberto Lamego, Arthur Bernardes, Nilo Peçanha, Petrópolis, XV de Novembro, Zuza Mota, além de canteiros do município.
Saiba mais sobre a programação da Semana Mundial do Meio Ambiente em Campos AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *