20 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Vigilância Sanitária de Itaboraí alerta sobre riscos à saúde causados por pomadas modeladoras capilares

O Departamento de Vigilância Sanitária de Itaboraí, vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), está intensificando os alertas de risco das pomadas usadas para trançar cabelos nos estabelecimentos do município. Os fiscais começaram a enviar e-mails com o informe técnico para os estabelecimentos cadastrados, como farmácias, perfumarias, lojas de cosméticos, salões e outros, após a publicação da portaria SUBVAPS nº 143 (4 de janeiro de 2023), no Diário Oficial do Estado, que determina a proibição da comercialização, busca e apreensão de todos os produtos da empresa Microfarma Indústria e Comércio Ltda (CNPJ nº 68.722.743/0001-09), incluindo a pomada modeladora capilar Cassu Braids.

De acordo com a publicação do Estado, a empresa responsável encontra-se sem licença estadual de funcionamento desde 2018 e mesmo assim vem comercializando os seus produtos. Após relatos de casos de efeitos indesejáveis, como cegueira temporária, forte ardência nos olhos, lacrimejamento intenso, coceira, vermelhidão, inchaço ocular e dor de cabeça, ocasionados por produtos para trançar/modelar os cabelos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um alerta para todo o país (ALERTA GGMON 07/2022- Cosmetovigilância).

Segundo a Anvisa, a pomada pode provocar intoxicação exógena (causada pelo contato com substâncias químicas que prejudicam o organismo) devido à exposição ocular. O Departamento de Vigilância Sanitária destaca que o intuito é retirar de circulação os produtos irregulares, visando preservar a saúde das pessoas que os utilizam, muitas vezes sem saber a sua procedência. Na comunicação via e-mail, além do alerta, solicita-se que a Vigilância Sanitária de Itaboraí seja informada, caso o estabelecimento comercialize qualquer produto da empresa em questão. Os fiscais também estão percorrendo locais no município, para realizar a apreensão desses produtos.

Informações adicionais

Departamento de Vigilância Sanitária
Endereço: Rua Dr. Mesquita, n° 339, Centro
Telefone: (21) 3637-7268
E-mail: [email protected]

Recomendações

Consumidores e profissionais que manejam produtos cosméticos

• Adquirir e usar apenas produtos regularizados na Anvisa, os quais podem ser conferidos, consultando os seguintes endereços eletrônicos:

-Consulta de produtos regularizados: https://consultas.anvisa.gov.br/#/ (buscar por Cosméticos);
-Consulta de produtos irregulares: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/fiscalizacao-e-monitoramento/produtos-irregulares/consulta

• Consultar com o vendedor/distribuidor/fabricante/importador informações específicas sobre medidas preventivas recomendadas para o uso de seus produtos, especialmente se as embalagens não contarem com instruções de uso que os informem a respeito ou se fornecerem pouca informação.

• Atentar para a lavagem das mãos, sempre que fizer uso do produto. Este importante cuidado pode reduzir riscos de problemas de saúde graves, com aplicação involuntária do produto em outras partes do corpo, a exemplo, dos olhos. Em casos de contato do produto com os olhos, proceder imediatamente à lavagem com água em abundância. Esta ação pode minimizar a toxicidade local do produto. Caso persistam os sintomas (efeitos colaterais), procurar atendimento médico.

• Buscar opções de produtos cosméticos naturais. São, cada vez mais, os fabricantes de produtos cosméticos conscientes da importância da saúde dos consumidores que desenvolvem produtos com formulações totalmente naturais ou com o menor número possível de componentes químicos potencialmente perigosos.

• Respeitar sempre as instruções do fabricante/importador quanto às condições de uso dos produtos, atentando-se, especialmente, para as advertências de uso contidas na embalagem e/ou no rótulo.

• Usar o produto somente durante a data de validade indicada na embalagem/rótulo pelo fabricante/importador.

• Não fazer uso de produto que apresentar mudanças, por exemplo, na sua coloração, odor e consistência/textura.

Consumidores

• Os consumidores em uso de produtos para trançar/modelar os cabelos devem evitar tomar banhos de piscina e mar. Ao lavar os cabelos, proteger os olhos de forma cuidadosa, evitando, assim, o contato do produto com essa parte do corpo.

• Se você está com algum problema nos olhos, como conjuntivite, é preferível evitar o uso de produtos para trançar/modelar os cabelos, entre outros produtos cosméticos. Esta ação pode evitar que o problema nos olhos possa ser agravado.

Profissionais que manejam produtos cosméticos

• Informar aos seus clientes sobre cuidados que devem ter durante o uso do produto para trançar/modelar nos cabelos, principalmente, com a aplicação involuntária nos olhos, que poderá acarretar efeitos indesejáveis graves, como cegueira temporária.

• Sempre que necessário, fazer uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI), como luvas, óculos, máscaras, entre outros, no manejo de produtos cosméticos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *