Três Rios registra redução 78,6% de índice de infestação para o mosquito transmissor da dengue

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde Ambiental divulgou o resultado do último LIRAa (Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti) que registrou uma redução significativa nos índices de infestação no município. O resultado aponta para a redução de 78,6% entre janeiro de 2024 e maio de 2024.

“Esta queda muito nos anima, porque o índice baixo é fruto de uma combinação de fatores: a mobilização social – com a população realizando o monitoramento dos seus quintais e compreendendo a importância dos “10 minutos contra a dengue”; e a articulação governamental, que disponibilizou várias secretarias para auxiliar na intensificação da fiscalização e execução de ações de mitigação, além da Secretaria de Saúde que reorganizou os fluxos de atendimento, análises laboratoriais, centro de hidratação e ações de bloqueio com os Agentes Endêmicos, incluindo a utilização do carro fumacê e a UBV, com o objetivo único e exclusivo de conter a proliferação dos focos do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya”, disse o coordenador da Vigilância em Saúde Ambiental, Saulo Paschoaletto.

De acordo com o boletim, atualizado em 10 de maio, Três Rios registrou 2.912 casos suspeitos de dengue, sendo 1.347 casos confirmados e 02 casos de chikungunya.

“A Secretaria de Saúde, através dos nossos agentes endêmicos, a equipe de atendimento primário e agentes comunitários, não mediu esforços para neutralizar a proliferação do mosquito, em assistir os casos positivados e conscientizar a população. Foi um esforço coletivo que resultou na redução dos casos. Lembrando que, as medidas preventivas precisam ser mantidas. 10 minutos são suficientes para proteger sua família e vizinha. Esse trabalho é de todos nós” disse o secretário de Saúde, Felipe Guido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *