Symmy Larrat assume presidência do Conselho Nacional dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+

A secretária nacional dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+, Symmy Larrat, tomou posse neste sábado (1º/6) como presidenta do Conselho Nacional dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+ (CNLGBTQIA+), instância de participação social desse público. A mudança no comando do órgão colegiado ocorre durante as ações celebrativas do mês do Orgulho LGBTQIA+, comemorado em junho.

Janaína Oliveira, representante da Rede Nacional de Negras e Negros LGBT, deixa a presidência do CNLGBTQIA+. Durante a 7ª reunião ordinária do conselho, ocorrida em São Paulo, na véspera da 28ª Parada do Orgulho LGBT+ de SP, a secretária Symmy Larrat elogiou o esforço das integrantes do Conselho e agradeceu o empenho de todos e todas. Ela lembrou ainda a importância das resoluções emitidas, retomadas pelo colegiado.

“Fizemos uma opção inédita, de começar o Conselho com a sociedade civil presidindo. A gente sabe a vigilância que o conservadorismo tem com a nossa pauta e sobretudo com este Conselho, em que as pessoas são atacadas pessoalmente. Mas acredito que vocês deram conta de segurar esse rojão e de trazer o Conselho até aqui”, disse a nova presidenta. Ela acrescentou que, para o próximo ano, os desafios persistem, em um novo momento em que as representantes no CNLGBTQIA+ irão se preparar para a organização da conferência nacional.

Ao longo desta semana, o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC) realiza uma série de atividades e anuncia ações voltadas à promoção de direitos e garantia de digniddade e cidadania à comunidade LGBTQIA+.

Também neste sábado (1º), Symmy e demais gestoras do Ministério participaram da abertura do V Encontro Brasileiro de Paradas do Orgulho LGBT+ e da I Conferência Nacional Livres das Paradas LGBT+.

Conselho

O colegiado é um órgão de natureza consultiva e deliberativa, com o objetivo de colaborar com a formulação e o estabelecimento de ações, de diretrizes e medidas governamentais referentes às pessoas LGBTQIA+. Foi instituído em abril de 2023 por meio do Decreto 11.471 e assinado pelo presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, sendo composto por 19 representantes do governo federal e outros 19 da sociedade civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *