14 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

PF deflagra operação para prender 32 pessoas envolvidas em atos golpistas

A Polícia Federal realiza nesta sexta-feira uma operação para investigar pessoas que participaram dos atos golpistas de 8 de janeiro que culminaram com a invasão das sedes dos Três Poderes. Estão sendo cumpridos 46 mandados de busca e apreensão e 32 mandados de prisão preventiva nos estados da Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Rio Grande do Sul, São Paulo e no Distrito Federal. Até o momento, 12 pessoas já foram detidas, entre elas uma mulher acusada de pichar a frase ‘Perdeu mané’ na estátua da Justiça que fica em frente ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com a PF, os fatos apurados na oitava fase da Operação Lesa Pátria “constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido”.

Nessa quinta-feira, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), encerrou a análise de todos os pedidos de liberdade provisória feitos pelas defesas dos presos envolvidos nos atos golpistas de 8 de janeiro. O magistrado concedeu liberdade provisória para 129 denunciados, que terão de usar tornozeleira eletrônica. Ao todo, 294 pessoas seguem presas em Brasília.

Lesa Pátria

Desde o dia 20 de janeiro, operações têm sido realizadas todas as semanas pelo país com o objetivo de identificar pessoas que participaram, financiaram ou fomentaram a invasão e depredação dos prédios em Brasília.

Na semana passada, a PF prendeu três suspeitos. O bolsonarista Kennedy Alves gravou um vídeo invadindo o prédio do Supremo, mostrando o momento em que vândalos destroem a fachada. Outro gravou um vídeo no momento em que invadia o teto do Congresso Nacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *