Mutirão de cirurgias e exames visa zerar filas de esperas em Queimados

Uma boa notícia foi dada para os queimadenses que estão esperando há muito tempo para realização de cirurgias e exames. A Prefeitura de Queimados, na Baixada Fluminense, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está firmando convênios com instituições privadas de saúde que irão atender mais de três mil queimadenses que ainda aguardam sua vez para a realização de procedimentos médicos. Nesta quarta (22) foi firmada a parceria com o Hospital Rio Saúde, em Duque de Caxias, através do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada (CISBAF). A meta do governo municipal é dar fim a espera em até três meses.
Cirurgias eletivas são procedimentos médicos programados não urgentes o médico agenda o dia e o horário para suas realizações, conforme mapa cirúrgico do hospital e a ocasião mais propícia. Com o convênio, são ofertados procedimentos cirúrgicos eletivos nas especialidades: cirurgia geral (hernioplastias, colecistectomia , tireoidectomia), ginecologia (histerectomia, miomectomia, laqueadura), oftalmologia (cirurgia de catarata, pterígio), otorrinolaringologia (amigdalectomia, amigdalectomia com adenoidectomia), urologia (ressecção endoscópica de próstata) e cirurgia vascular (tratamento cirúrgico de varizes) entre outras.
 
O prefeito Glauco Kaizer assinou dois convênios esta semana. Nesta quarta (22), o gestor da cidade de Queimados, a secretária municipal de Saúde, Betânia Pessoa e toda equipe da Pasta, estiveram no Hospital Rio Saúde, para selar um convênio com a unidade particular, através do CISBAF. A parceria traz possibilidades para o atendimento de até 100 pacientes por semana, acelerando, assim, o andamento das filas de espera por exames. “Feliz em fazer mais esta parceria, onde quem ganha é o cidadão mais necessitado que não tem condiçõẽs de pagar por exames na rede privada”, destacou o prefeito.
 
Mas as parcerias não param por aí. Na segunda (20), Glauco Kaizer e sua equipe estiveram em Valença, no Sul fluminense, visitando as dependências do Hospital Escola, gerido pela Fundação Educacional Dom André Arcoverde. Nesta primeira etapa da parceria, cerca de 500 pessoas, que estão na regulação da cidade da Baixada Fluminense, serão atendidas pela instituição. O acordo foi selado entre o gestor municipal e o presidente da FAA, José Rogério Moura. A secretária Betânia Pessoa também comemorou o convênio: “O hospital Escola de Valença é referência e vamos avançar muito neste novo momento da saúde em Queimados”, destacou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *