22 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Mulher diz que homem preso suspeito de se masturbar e ejacular nela dentro de trem tentou intimidá-la e fugir no Rio

A vítima do homem que foi preso em flagrante suspeito de ejacular na moça dentro de um vagão de trem, na Zona Norte do Rio, conta que Tiago dos Santos Silva tentou intimidá-la enquanto era detido pela Polícia Militar.

O homem, que tem 34 anos, tentou fugir depois que a mulher percebeu que ele tinha se masturbado e ejaculado na perna dela na Estação Madureira da Supervia, nesta quarta-feira (19).

A vítima conta que havia embarcado na estação Deodoro e que Tiago Silva já estava na composição. Após entrar no vagão, Tiago teria se aproximado e, em um intervalo de dez minutos — de Deodoro para Madureira —, reparou no comportamento dele: estava ofegante e movimentando as mãos próximo ao corpo dela.

“O trem estava totalmente cheio. Ele ficou de frente para a lateral do meu corpo. Chegando na estação de Madureira, senti a respiração dele ofegante e senti uma movimentação das mãos. Olhei para baixo e senti algo molhado e quente na minha perna direita. Foi quando percebi o que estava acontecendo”, relata a vítima, de 25 anos, que não quis ser identificada.

Logo em seguida, ela afirma que enfrentou o homem e que passageiros ao redor tentaram impedir a saída dele, no entanto, Tiago conseguiu escapar da embarcação.

“Como a porta abriu em Madureira e muita gente desce nessa estação de trem, ele saiu correndo. Para a minha sorte, havia dois policiais que agiram de forma impecável, fizeram a perseguição do homem e conseguiram capturá-lo com êxito”, explica.

Para a PM, ele admitiu que cometeu o assédio.

“É uma mistura de raiva e angústia muito grande, não quero de forma alguma que esse crime fique impune, que a justiça seja severa e dê o tratamento que esse monstro merece! O indivíduo ficou me encarando, tentando me intimidar enquanto esperávamos a viatura para prosseguirmos à delegacia”, detalha a vítima.

Ela foi acolhida e encaminhada à 29ª DP (Madureira) para prestar depoimento. O caso foi registrado como assédio sexual. Tiago dos Santos Silva permanece preso.

“Meu desejo é que a grande mídia não deixe esse caso passar em branco, que esse tipo de crime seja levado com mais atenção! Que a Supervia dê mais espaço as mulheres e aumente a fiscalização e policiamento nas estações”, pede.

O que dizem as autoridades

De acordo com a delegacia responsável pelo caso, Tiago foi autuado em flagrante por importunação sexual. O caso foi encaminhado à Justiça.

A Supervia informa que segue a Lei Estadual nº. 4.733/2006 — que estabelece que os carros identificados pelo adesivo rosa e mais distantes do maquinista são exclusivos às mulheres nos dias úteis, das 6h às 9h, e das 17h às 20h. Que a fiscalização é feita nas estações terminais e em outras estações mais movimentadas, dentro dos horários determinados. E que os agentes de estação são treinados para dar o pronto atendimento à vítima e acionar a polícia.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *