Lula lançará novo PAC dia 11/8 no Teatro Municipal do Rio de Janeiro

O novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) já tem dia confirmado e local para ser lançado: 11 de agosto, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou a data durante o programa “Conversa com o Presidente” esta terça-feira (1º).

Ao todo, o programa deverá terá R$ 60 bilhões anuais em investimentos públicos nesses quatro anos de governo — num total de R$ 240 bilhões — e será dividido em sete grandes eixos: transportes; infraestrutura urbana; água para todos; inclusão digital e conectividade; transição e segurança energética; infraestrutura social e defesa. A expectativa é de que sejam realizadas cerca de duas mil obras pelo país.

Além disso, o novo PAC deverá contar com concessões e parcerias com o setor privado e com linhas de financiamento para estados e municípios abertas por bancos públicos — Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, BNDES e Banco do Nordeste. Para estabelecer as obras prioritárias para a realidade de cada local, o governo federal ouviu os estados e municípios.

Ainda não foi divulgada a relação completa de projetos, mas já foi sinalizado que haverá ações na área da educação — com intervenções em universidades e institutos federais —, além de obras como o túnel entre Santos e Guarujá (SP); ferrovias de Integração Oeste-Leste (Fiol) entre Caetité e Ilhéus (BA), Transnordestina entre Ceará e Pernambuco, Norte Sul, entre São Paulo e Maranhão e operação do sistema do rio São Francisco.

Recentemente, foi noticiado que o novo PAC também terá, como uma de suas frentes a capacitação e a recolocação profissional por meio do Qualifica PAC, com o objetivo de evitar a falta de mão de obra capacitada para a viabilização das ações do programa. Outra possibilidade que está sendo estudada pelo governo é empregar no PAC a população usuária dos programas de transferência de renda, como o Bolsa Família.

Em entrevista concedida em julho, Lula declarou que o PAC “é um pacote que vai discutir infraestrutura total, infraestrutura de portos, aeroportos. Vai discutir rodovia, ferrovia, saneamento básico, vai discutir Minha Casa, Minha Vida. É um Novo PAC, com muito mais coisa, mais conteúdo, mais obras. Queremos mostrar qual é a cara do Brasil que queremos entregar. Qual é a cara do Brasil que a gente quer que o povo veja acontecer. Um país de trabalho, de muita paz, de muita harmonia”.

Em sua ida ao Rio de Janeiro no dia 11, o presidente deverá visitar um anel viário na zona Oeste da cidade e as obras da universidade de graduação de matemática construída pela prefeitura em parceria com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), na zona portuária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *