Estudantes da rede pública de cinco cidades do RJ participam de programa de capacitação

Jovens entre 15 e 20 anos vão aprender noções de saneamento e poderão atuar como aprendizes na Águas do Rio

 

Conhecer novas profissões, desenvolver o espírito crítico e aprender sobre o setor de saneamento. Essa é a proposta de capacitação do Projeto Pioneiros, idealizado pelo Instituto Aegea e desenvolvido pela Águas do Rio com cerca de 30 estudantes do Rio (Ilha de Paquetá), Maricá, São Gonçalo, Tanguá e Saquarema (Jaconé e Sampaio Correa). Ao final das atividades, eles vão elaborar planos de ação, e os três melhores serão premiados. Já o vencedor da etapa local participará em São Paulo da premiação nacional do Pioneiros. E os alunos que se destacarem na final poderão ingressar na Águas do Rio pelo Programa Jovem Aprendiz.

Os encontros vão acontecer até outubro deste ano. Os participantes, que se inscreveram no Pioneiros durante visita da equipe de Responsabilidade Social da concessionária a escolas e associações de moradores, estão acompanhando palestras e aulas semanais que iniciaram no mês de maio na sede da empresa, onde assistem a apresentações e workshops com profissionais de diversas áreas, além de conferências on-line. Também estão previstas visitas a estações de tratamento de água e esgoto.

Gerente de Responsabilidade Social da Águas do Rio, William Carvalho classifica o projeto como uma iniciativa que busca preparar os participantes para serem agentes transformadores de vidas.

“O Pioneiros vai além das habilidades e competências requeridas pelo mercado de trabalho. O conteúdo está voltado ao desenvolvimento integral do participante. Ao final do projeto, ele estará apto a contribuir com a melhoria da própria comunidade”, explicou.

É o caso do estudante do 1° ano do ensino médio, Silas Emanuel da Silva, 15 anos, morador do bairro Sapê, em Itaboraí, que ingressou no projeto Pioneiros certo daquilo que deseja fazer com os conhecimentos que serão transmitidos durante as aulas. “Entrei aqui visando a melhoria do meu currículo e da minha comunidade. Tenho vizinhos que ainda não recebem água potável e pretendo com os ensinamentos do programa ajudá-los no futuro” – disse.

Ao longo dos encontros, os estudantes também terão acesso virtual a uma trilha de cursos disponível na plataforma de educação corporativa da Aegea Saneamento. Os projetos dos inscritos serão acompanhados por um tutor e apresentados a uma banca formada por funcionários da companhia. Os trabalhos devem atender critérios como relação com a temática do saneamento, impacto positivo na comunidade, além de inovação e criatividade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *