Estado do Rio supera o Brasil, percentualmente, no número de empregos com carteira assinada em 2022

Variação percentual também foi a maior da Região Sudeste

O Estado do Rio de Janeiro gerou, em termos percentuais, mais postos de trabalho com carteira assinada em 2022 que o restante do Brasil. Enquanto no país o percentual de empregos gerados no ano foi de 5,01%, o Rio de Janeiro teve um crescimento de 6,03% no número de empregos formais. As informações são do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), analisadas pelo Observatório do Trabalho, da Secretaria estadual de Trabalho e Renda.

– Esses dados comprovam que o mercado de trabalho está em expansão com o reaquecimento da economia fluminense, resultado da gestão responsável, eficiente e empenhada em garantir uma melhor qualidade de vida aos fluminenses. Todos os setores da atividade econômica têm apresentado resultados positivos no estado, o que se traduz em novas oportunidades de trabalho – comenta o governador Cláudio Castro.

Em 2021, o estoque de empregos formais no Rio de Janeiro era de 3.233.970, número que passou para 3.428.839 em 2022 – uma alta de 6,03%. Em igual período, no Brasil, o estoque de empregos com carteira assinada chegou a 40.678.355 e, no ano seguinte, bateu 42.716.337 – um aumento de 5,01%.

A variação percentual do Estado do Rio também foi a maior da Região Sudeste, com valor superior às variações dos estados do Espírito Santo (5,79%), São Paulo (4,44%) e Minas Gerais (4,13%). Há décadas esse movimento de recuperação não ocorria. A retomada de obras públicas, segundo o levantamento, teria impulsionado o setor de serviços, o que impactou positivamente no resultado de 2022.

– Com os programas de formação e capacitação que estamos firmando com várias instituições parceiras, vamos não apenas gerar novos empregos, mas qualificar o trabalhador fluminense e possibilitar a ele o acesso a melhores oportunidades profissionais – diz a secretária de Trabalho e Renda do estado, Kelly Mattos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *