Chefes de facções criminosas e foragidos da justiça são presos em operação da PF em MG, RJ e ES

Uma operação da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco), coordenada pela Polícia Federal, cumpriu 105 mandados de prisão preventiva e 96 de busca e apreensão nesta quinta-feira (16) nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo contra o crime organizado e tráfico de drogas.

Chefes de facções criminosas e foragidos da justiça estão entre os presos, segundo a PF. A ação acontece nos municípios de Juiz de Fora (MG), Além Paraíba (MG), Volta Grande (MG), Contagem (MG), Itaperuna (RJ), Carmo (RJ) e Sapucaia (RJ) e outras.

Ao todo, mais de 400 policiais da Federal, Militar, Civil e Penal participaram da operação, chamada de ‘Peloponeso I e II’.

A operação

 

Operação é realizada em Juiz de Fora e região — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Também foram cumpridos mandados de prisão em unidades prisionais em Minas Gerais, Rio de Janeiro e no Espírito Santo. Entre os presos está um foragido das justiças mato-grossense e tocantinense e um dos alvos da investigação é um suposto chefe de uma facção criminosa fluminense em MG.

No Rio de Janeiro, houve o sequestro judicial de imóveis avaliados em R$ 1,5 milhão e um carro blindado. Além disso, 23 investigados tiveram valores bloqueados pela justiça, entre eles membros do crime organizado. Não foi divulgado o balanço de prisões e apreensões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *