Carros elétricos reforçam o compromisso com a sustentabilidade em Paquetá

Na busca contínua por eficiência energética, Águas do Rio troca veículos e reduz emissão de CO₂ na ilha

Situada no coração da Baía de Guanabara e conhecida pelas ruas arborizadas e com ares de interior, a Ilha de Paquetá recebeu da Águas do Rio os primeiros veículos elétricos usados pela concessionária para serviços operacionais. Com a retirada de circulação dos modelos com motores a combustão, cerca de 11 toneladas de CO₂ (dióxido de carbono) deixarão de ser emitidas por ano naquele bucólico bairro carioca. Sustentável, a iniciativa reforça o compromisso com a proteção ao meio ambiente e a busca contínua pela eficiência energética, pilares da empresa que atua no abastecimento de água tratada e serviços de esgotamento sanitário em 27 cidades fluminenses.

Os utilitários E-Scudo elétricos são movidos a baterias e zero emissão. Além do ganho ambiental, eles proporcionam maior conforto aos condutores e população, pois não emitem ruídos. São utilizados na solução das demandas de clientes, assim como no auxílio operacional das equipes da companhia.

“Esse é mais um investimento que fazemos na Ilha de Paquetá com o intuito de prestar um serviço pautado no respeito e no compromisso socioambiental, que são nossas diretrizes. Inclusive, prevenir a poluição é uma das nossas bandeiras”, explicou Diógenes Lyra, diretor-executivo da Águas do Rio.

Comparados com aqueles que trafegavam na ilha, os carros elétricos vão proporcionar maior eficiência operacional, pois, em menos de uma hora, é possível fazer o carregamento de até 80% da bateria, mantendo assim a disponibilidade para uso. De acordo com a fabricante, a Fiat, os modelos têm autonomia de mais de 200 quilômetros com apenas uma carga em suas baterias.

Em outros pontos do estado, a Águas do Rio também tem à disposição um ecoveículo para ações da sua agência comercial móvel. Com captação de luz solar, ele usa essa energia no funcionamento dos equipamentos internos que fazem o atendimento aos clientes.

Aporte de R$ 25 milhões em esgotamento

A Ilha de Paquetá também recebeu da Águas do Rio um investimento de mais de R$ 25 milhões com a ampliação e modernização do sistema de coleta de esgoto sanitário. Houve também a reforma de quatro estações de bombeamento e interligação subaquática.

Essas intervenções proporcionaram a destinação correta do esgoto, refletindo nos índices de balneabilidade das praias do entorno da ilha. Tudo isso gera mais qualidade de vida para a população e cuidado ambiental para impulsionar cada vez mais o turismo e fomentar a economia local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *