23 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Búzios inaugura primeiro Centro de Referência do Programa Empoderadas do Estado do Rio de Janeiro

Nesta quinta-feira (04), a Secretaria da Mulher em parceria com o Governo do Estado inaugurou o primeiro Centro de Referência do Programa Empoderadas do Estado do Rio de Janeiro, na sede da Secretaria da Mulher. O Centro de referencia do Programa Empoderadas de Búzios atenderá todas as cidades da Região dos Lagos.

A iniciativa tem como objetivo combater a violência contra a mulher e promover o empoderamento feminino através de diversas atividades e cursos. A Casa Empoderada oferecerá aulas de Defesa Pessoal, técnicas de segurança para meninas e mulheres, cursos profissionalizantes, além de aulas de Jiu-Jitsu e de treinamento funcional.

 

De acordo com a Secretária da Pasta, Daniele Guimarães, falar desse programa é lembrar de 03 anos atrás. “Desde que inauguramos a primeira Secretaria da Mulher da região, quando tudo começou, olha quantas conquistas já tivemos. Eu lembro que uma das nossas primeiras ações foi conhecer o Programa Empoderadas e procurar a Erica Paes, ainda nem tínhamos a Secretaria. E hoje estamos aqui com a ela inaugurando nossa Casa das Empoderadas e Empoderadinhas, que sempre foi um sonho dessas meninas. Quero agradecer também ao Surf do Bem, às escolas, associações mulheres caiçaras e buzianas, aqui presentes nesta inauguração. Muito obrigada, eu não posso deixar de agradecer a minha equipe, principalmente a essa mulher aqui, Viviane Neo, que é a madrinha desse projeto, porque o que ela trabalhou e sonhou com este momento, vocês não têm noção, e hoje a gente está aqui realizando mais uma conquista para as mulheres, para as mulheres vizinhas, estamos de portas abertas para recebe-las”, destacou.

 

A superintendente do Empoderadas, Erica Paes, disse: “É um grande sonho, sem dúvida nenhuma. A gente também teve que vir galgando, ganhando confiança, lutando por recursos para que a gente pudesse estar desenvolvido melhor para vocês meninas e mulheres, infelizmente todo mundo sabe qual é a triste realidade nossa que a gente passa direto. Aqui faremos todo o atendimento e o acolhimento a meninas vítimas de violência, de abuso. Então, vocês meninas jovens, como um dia eu fui, se vocês estiverem precisando de ajuda, se vocês estiverem passando por alguma forma de abuso, e tá com medo, e não sabem o que pode fazer, quero falar para vocês que antes de mais nada eu acredito em vocês, a minha equipe acredita em vocês, as responsáveis acreditam em vocês, nós acreditamos em vocês”.

Uma das primeiras inscritas do Programa é a Gabriela Neo, de 9 anos, que quer aprender Defesa Pessoal: “Porque são cursos de lutas para você aprender a defesa pessoal. É um curso muito legal que ajuda a aprender sobre a defesa pessoal para prevenir a violência contra as mulheres, baseado nesse fato, é muito bom porque você vai ter que se defender e aprender mais sobre a luta. São várias lutas, Jiu Jitsu, Boxe, entre outras juntas para dar defesa pessoal. Eu quero fazer porque eu me sinto bem, pelas mulheres, e eu gosto muito de aprender essas coisas assim”, disse.

 

 

A D. Clemilda Freire da Silva, de 73 anos, moradora de Geribá, também se inscreveu nos cursos que o Programa oferece: “O importante é que eu gosto de aprender sempre, muito. Tudo que fala pra você aprender, pra você liderar pra você mesma, eu gosto de interagir. Inclusive sobre a luta para aprender a se defender. Todos os cursos que tiverem aqui, eu tenho interesse em entrar. É muito importante ter um local para a gente aprender, passar nosso tempo, abrir nossa mente, e a gente precisa disso, a terceira idade não pode parar, eu estou na terceira idade, se a gente para, nós vamos acabar tendo o quê? Minha vida é super corrida, faço curso de inglês, aprender novas culturas, gosto de dançar, enfim, sou uma pessoa adiantada”.

Essa inauguração representa mais um marco na política de proteção e empoderamento das mulheres e meninas. A Prefeitura de Búzios com essa iniciativa, reforça o compromisso com as mulheres, na administração municipal e da igualdade de gênero e segurança da população feminina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *