Alerj define Comissões da próxima legislatura; veja a lista

Uma semana após a abertura da nova legislatura, foi publicado nesta terça-feira o desenho das Comissões da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Segundo o regimento interno, cada uma das 37 Comissões elege seu presidente, mas a votação é mera formalidade. A escolha de quem lidera cada grupo passa por intensas negociações com os partidos e passa pelas mãos do presidente da Alerj, Rodrigo Bacellar, eleito no início do mês em meio a um racha do Partido Liberal (PL). Parlamentares da base do governo comandarão 22 dos grupos de trabalho. Veja abaixo a lista completa dos novos presidentes das Comissões.

Um dos fatores que levou a quase candidatura de Jair Bittencourt à presidência ada Alerj, o deputado Rodrigo Amorim (PTB) foi oficializado para comandar a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). É papel dela analisar todos os projetos de lei antes de irem à votação no plenário pelos deputados. As cadeiras dos titulares da CCJ são dominadas pela base do governo e aliados de Bacellar: deputado Dr. Serginho (PL) — líder do governo Claudio Castro na Assembleia; Fred Pacheco (PMN), irmão de Márcio Pacheco antigo líder de Castro e Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado; Felipinho Ravis (Solidariedade); Vinícius Cozzolino (União); Guilherme Delaroli (PL). O deputado Rosernverg Reis (MDB), irmão do secretário de Transportes Washington Reis, é o primeiro suplente.

Nas presidências não há nenhum parlamentar que participou ativamente da campanha de Jair Bittencourt contra Rodrigo Bacellar pela presidência da Alerj. Com a derrota, Bittencourt perdeu a secretaria que comandava. Na próxima legislatura terá uma vaga de titular na Comissão de Agricultura — pasta que era titular no executivo — e Redação.

Anteriormente presidida por Flávio Serafini (PSOL), a Comissão de Educação será comandada por Alan Lopes (PL). Nas últimas semanas o psolista organizou um abaixo-assinado online para tentar garantir mais um mandato na presidência, mas Bacellar optou pelo correlegionário. Na Segurança Pública, o presidente será também um aliado do governo: Márcio Gualberto (PL).

O PSOL conseguiu três presidências: Combate às Discriminações, Direito da Mulher e Direitos Humanos. Na disputa entre Bacellar e Bittencourt, o partido preferiu se abster. A posição tomada pouco antes da votação foi a gota d’água para a retirada da chapa dissidente. Na presidência do grupo de combate ao racismo, Josemar ressaltou a importância de ter um negro no comando da Comissão:

— Essa comissão é importante para a valorização e luta do povo negro e na formação de uma sociedade antirracista. Há muito que se trabalhar, desde as questões de agressões diretas a pessoas até ataques a monumentos da memória e cultura negra — diz Josemar.

O Partido dos Trabalhadores, que também viveu um racha na disputa da presidência da Alerj comandará três Comissões: Ciência e Tecnologia, Segurança Alimentar, Cultura e Assuntos Municipais. O petista Andrézinho Ceciliano não ganhou nenhuma presidência. Seu pai, André Ceciliano — ex-presidente da Alerj — atuou nos bastidores pela candidatura de Jair Bittencourt e tentou convencer a bancada do PT a apoiar o candidato. Andrézinho terá cadeira na Comissão de Direitos Humanos, Orçamento e Normas Internas.

Veja quem irá presidir as Comissões da Alerj

  • Constituição e Justiça: Rodrigo Amorim (PTB)
  • Orçamento e Finanças: André Corrêa (PP)
  • Servidores Públicos: Martha Rocha (PDT)
  • Habitação: Claudio Caiado (PSD)
  • Ciência e Tecnologia: Elika Takimoto (PT)
  • Combate às Discriminações: Professor Josemar (PSOL)
  • Minas e Energia: Thiago Rangel (Podemos)
  • Segurança Pública: Márcio Gualberto (PL)
  • Esporte e Lazer: Carlinhos BNH (PP)
  • Defesa dos Animais: Léo Vieira (PSC)
  • Emendas Constitucionais: Jorge Felippe Neto (Avante)
  • Segurança Alimentar: Marina do MST (PT)
  • Obras Públicas: Guilherme Delaroli (PL)
  • Normas Internas: Rodrigo Amorim (PTB)
  • Educação: Alan Lopes (PL)
  • Indicações Legislativas: Filipe Soares (União)
  • Economia: Anderson Moraes (PL)
  • Pessoa com Deficiência: Fred Pacheco (PMN)
  • Turismo: Júlio Rocha (Agir)
  • Meio Ambiente: Jorge Felippe Neto (Avante)
  • Direitos da Mulher: Renata Souza (PSOL)
  • Cultura: Verônica Lima (PT)
  • Direitos Humanos: Dani Monteiro (PSOL)
  • Defesa Civil: Otoni de Paula Pai (MDB)
  • Defesa do Consumidor: Fábio Silva (União)
  • Criança, Adolescente e Idoso: Munir Neto (PSD)
  • Assuntos Municipais: Renato Machado (PT)
  • Saneamento Ambiental: Jari Oliveira (PSB)
  • Transportes: Dionísio Lins (PP)
  • Tributação: Arthur Monteiro (Podemos)
  • Agricultura: Val Ceasa (Patriota)
  • Saúde: Tande Vieira (Pros)
  • Comissão de Redação: Carlos Macedo (Republicanos)
  • Trabalho: Dani Balbi (PC do B)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *