14 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Xô, sedentarismo! Projeto ‘Ginástica nos Bairros’ leva atividades físicas e eleva autoestima em Nova Iguaçu

“Eu sentia muitas dores no corpo e estava sempre cansada, mas graças ao ‘Ginástica nos Bairros’, hoje tenho uma vida completamente diferente”. O depoimento é de Terezinha Ramos de Oliveira Costa, de 80 anos, integrante do Projeto “Ginástica nos Bairros”, da Prefeitura de Nova Iguaçu, conhecido como GNB. Nesta sexta-feira (10), Dia Nacional de Combate ao Sedentarismo, Terezinha mostrou que nunca é tarde para iniciar a prática da atividade física.

Aluna do polo Miguel Couto, que conta com cerca de 100 pessoas, a idosa é uma das mais de 1.600 inscritas nos 89 polos espalhados pela cidade. Viúva há cinco anos, Terezinha decidiu entrar para o GNB em busca de um novo sentido para a vida e encontrou no projeto bem-estar físico e mental.

“Eu me sentia muito solitária desde o falecimento do meu marido, já não tinha expectativas de vida. Hoje eu danço, faço alongamento e muitas mulheres mais jovens do que eu ficam admiradas por eu ter 80 anos e praticar atividades físicas”, comemora a idosa, que vai ao polo de Miguel Couto três vezes por semana na companhia da filha.

A Prefeitura de Nova Iguaçu, por meio da Secretaria Municipal de Governo (SEMUG), desenvolve o “Ginástica nos Bairros” há quatro anos. Coordenador do projeto, Wellington Nascimento conta que os polos oferecem treinamento funcional, dança aeróbica, ginástica localizada e alongamento, atividades desenvolvidas junto a uma profissional de educação física. Além disso, os alunos são constantemente monitorados por equipes de enfermeiros e de técnicos de enfermagem.

Maria Dutra é a profissional responsável por tirar os alunos dos núcleos Miguel Couto e Grama do sedentarismo. Com muita música e animação, ela ajuda a desenvolver muito mais do que um bom condicionamento físico aos participantes do projeto. “O objetivo principal é a qualidade de vida das pessoas. E para que isto ocorra, a interação social é fundamental. Muitos chegaram aqui em quadros de depressão, especialmente após a pandemia, e hoje formam grupos de amizade e têm autoestima elevada”, revela Maria.

Palestras e até encaminhamento para consultas

Quem participa do “Ginástica nos Bairros” é constantemente monitorado por técnicos de enfermagem e enfermeiros do programa. Os técnicos verificam medidas corporais, como peso e altura, e fazem a aferição da pressão arterial. Se alguma alteração for constatada durante a atividade física, o aluno é orientado a procurar atendimento médico em uma unidade de saúde do município. “A pressão alta, desde que controlada, não impede que o aluno participe do projeto. Ao contrário. A saúde está associada à atividade física. Além de ajudar no controle da pressão arterial, ela ajuda a controlar outras doenças, como a diabetes”, esclarece a técnica de enfermagem Agnes Ribeiro.

Coordenadora da equipe de Saúde do GNB, a enfermeira Anacleia Ferreira visita diversos polos para dar palestras sobre diversos temas voltados para a saúde. Nesta sexta-feira (10), a roda de conversa, como ela prefere chamar, abordou o sedentarismo e o Março Azul Marinho, em alusão ao câncer de intestino.

“O sedentarismo é a porta de entrada para a obesidade. Esta, por sua vez, abre caminhos para vários outros problemas de saúde, como o câncer de intestino. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 40% das mulheres afetadas por este tipo de câncer são obesas” alerta Anacleia.

Como participar das atividades

O Projeto “Ginástica nos Bairros” acontece de segunda a sábado em 89 polos espalhados pela cidade. Para participar é preciso acessar www.novaiguacu.rj.gov.br/semug/ginasticanosbairros, fazer o download e preencher o formulário de pré-inscrição e levá-lo ao polo desejado para efetivar a matrícula. No mesmo endereço eletrônico o interessado encontra a lista completa com os endereços dos 89 locais que contam com o projeto. Todas as atividades são gratuitas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *