22 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Volta Redonda investe em diversas frentes de trabalho para prevenir e minimizar impactos das fortes chuvas

Nos últimos meses, município concluiu obras de contenção de encostas, tem realizado limpeza de córregos, além de construção e manutenção de sistemas de drenagem

A prevenção é o melhor caminho para minimizar transtornos causados por períodos de temporais e a Prefeitura de Volta Redonda já vem trabalhando há algum tempo para que a cidade esteja melhor preparada para as adversidades típicas de dias com fortes tempestades. Nos últimos meses,
o governo municipal tem investido em obras de contenção de encostas, limpeza de canais pluviais e córregos, dentre outros serviços para evitar alagamentos e enchentes.

“A prevenção sempre é o melhor caminho. Desde que reassumimos a administração municipal, temos investido em grandes e pequenas obras, todas importantes para garantir a segurança da população. Queremos salvar vidas e deixar a cidade em condições para que os moradores e visitantes não sejam impactados no seu dia a dia”, explicou o prefeito Antonio Francisco Neto.

Por meio do Fundo Comunitário de Volta Redonda (Furban-VR), autarquia municipal, a prefeitura entregou, somente neste ano, mais de R$ 940 mil em obras de contenção de encostas, com a primeira leva (aproximadamente R$ 600 mil investidos) beneficiando moradores dos bairros Coqueiros, Jardim Europa, Mariana Torres, Retiro e Belo Horizonte. O restante (cerca de R$ 340 mil) do investimento foi direcionado para intervenções ainda no Retiro e Mariana Torres, além de Vila Brasília e Santa Cruz.

A Secretaria Municipal de Obras (SMO) também tem investido em ações e obras preventivas, como a construção e manutenção de sistemas de drenagem de água da chuva, incluindo a limpeza e desobstrução de bueiros e outros canais de escoamento da água, prevenindo contra alagamentos e outros problemas causados principalmente durante os temporais.

Limpa Rio

Outros pontos que também estão recebendo atenção são os córregos que recebem águas pluviais e precisam de manutenção para garantir um bom escoamento. E esse trabalho tem sido garantido por meio de parceria entre os governos municipal e estadual, através do programa Limpa Rio – iniciativa do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), ligado à Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas). Volta Redonda foi contemplada por intermédio do deputado estadual Munir Neto, que apresentou estudo da Secretaria Municipal de Obras, apontando as prioridades.

“Ficamos muito felizes de ver o Governo do Estado investindo no interior. Mais felizes ainda quando ele investe no nosso Sul Fluminense. Ficamos imensamente felizes em podermos contribuir, através do nosso mandato, para esse fortalecimento”, afirmou o deputado Munir.

A atuação em Volta Redonda conta com apoio de máquinas e equipamentos – uma escavadeira, uma mini escavadeira e quatro caminhões – e o primeiro
córrego beneficiado foi o Brandão, na Vila Santa Cecília, que recebe serviço de dragagem em quase quatro quilômetros de extensão, chegando aos bairros Sessenta e Siderópolis. Além do Brandão, também estão previstas limpezas nos córregos Bugio, da União, dos Peixes, Secades, São Geraldo, Ribeirão do Inferno, Cafuá, Cachoeirinha, dos Carvalhos, além de outros que passam pelos bairros Aterrado, Vila Mury e Coqueiros.

Prevenção tem dado resultado

O trabalho de prevenção tem dado resultado nos últimos anos em Volta Redonda. De acordo com o último balanço do Alerta de Verão (de 1/11/2023 a 31/3/2024), divulgado pela Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec), foram registradas 665 ocorrências, número 21% menor que o registrado no período de alerta anterior (2022/2023). O coordenador da Defesa Civil, Rubens Siqueira, explica que o órgão se mantém preparado durante todo o ano, mas intensifica as ações em períodos de maior ocorrência de chuvas.

“Inclusive, mobilizamos outras secretarias, órgãos, setores do governo municipal, de modo a estarmos sempre preparados para atender com o melhor tempo de resposta possível as ocorrências”, explicou Rubens, acrescentando que Volta Redonda, apesar de ser afetada por fortes chuvas como acontece em outras cidades de médio e grande porte do país, tem se
mostrado um município bem preparado, uma cidade resiliente, com capacidade de resposta imediata frente aos eventos de natureza hídrica, química, geológica e humana.

“Junto a isso, é importante mantermos o plano de contingenciamento atualizado, visto que problemas como alagamentos, deslizamentos e desmoronamentos não escolhem hora para acontecer”, destacou o coordenador da Defesa Civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *