Vini Jr. brilha, e Real Madrid vence sua 15ª Liga dos Campeões

  • Real Madrid vence Borussia Dortmund com drama na final da Liga dos Campeões

  • Dani Carvajal e Vinicius Jr fizeram os gols da vitória; brasileiro saiu aplaudido

  • Real garante presença na Coupe Intercontinentale de la FIFA desta temporada

Dani Carvajal e Vinicius Júnior marcaram no final, e o O Real Madrid conquistou uma vitória suada sobre o Borussia Dortmund e conquistou seu 15º título da UEFA Champions League. Seu recorde só cresce.

O título também classificou u o time de Carlo Ancelotti para a final da Coupe Intercontinentale de la FIFA™ (Copa Intercontinental da FIFA), competição que reúne os demais cinco campeões continentais da temporada. Al Ain (Emirados Árabes Unidos/Ásia), Al Ahly (Egito/África) e Auckland City (Nova Zelândia/Oceania) já estavam garantidos.

O Dortmund, que foi para campo no mítico Wembley como azarão completo, fez uma grande partida e colocou pressão sobre o Real Madrid, especialmente no primeiro tempo. A equipe alemã criou várias chances de gol, com Karim Adeyemi desperdiçando a melhor delas em bela defesa de Thibaut Courtois. O segundo tempo foi mais equilibrado. Até o Real Madrid fazer o que sempre tem feito em jogos decisivos neste século: aliar o talento de seus craques à aura que tem sua camisa para, depois de tantos sustos em casa, abrir o placar, aos 74 minutos.

Vinicius Júnior recebeu um lançamento na ponta esquerda, não tinha muita margem de manobra, mas usou de sua explosão e inventividade para fazer um drible e, na sequência, arrumar um escanteio. Na cobrança, de modo improvável, o veterano Dani Carvajal foi quem subiu para cabecear no primeiro pau para superar o goleiro Gregor Kobel.

Nove minutos depois, em contra-ataque contra um Dortmund já desesperado, Vini Jr. dessa vez foi servido por Jude Bellinham, recebeu na área e, com imensa categoria, tocou para definir o triunfo por 2 a 0. O resultado garantiu que o lateral-direito de longa data Carvajal, juntamente com Toni Kroos, Luka Modric e Nacho, igualasse o recorde de um antigo ídolo madridista, Francisco Gento, de seis títulos da Copa dos Campeões Europeus/Liga dos Campeões.

O Real Madrid, por sua vez, pode se orgulhar de ter vencido simplesmente as últimas nove finais da Champions que disputou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *