Viagem de Lula ao Japão inclui agendas com Macron e Scholz e visita a memorial; veja lista

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarca em Hiroshima, no Japão, nesta quinta-feira (18) após mais de 24 horas de viagem – e com uma agenda extensa em território japonês.

O Brasil participará como convidado da reunião de cúpula do G7, grupo que reúne as sete economias mais industrializadas do mundo (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido).

É praxe que haja membros convidados, além de representantes das Nações Unidas e da União Europeia. O Brasil não era chamado a participar há 14 anos.

Até a manhã desta quinta, o Palácio do Planalto já tinha confirmado seis encontros bilaterais entre Lula e chefes de governo ou de organizações internacionais. O presidente brasileiro se reunirá com:

 

Outros encontros também vinham sendo tentados pelo Itamaraty com representantes de países como Índia, Japão e Canadá, mas os compromissos ainda não tinham sido confirmados.

A agenda já divulgada prevê ainda três sessões de debates temáticos com os países do G7, com as presenças dos próprios presidentes e primeiros-ministros.

Há ainda encontros com empresários e uma visita ao Parque Memorial da Paz de Hiroshima, dedicado às cerca de 166 mil pessoas que, segundo estimativas oficiais, morreram quando a cidade foi alvo da primeira bomba atômica usada em contexto de guerra, em 1945.

Veja abaixo a agenda já confirmada de Lula em Hiroshima (em horário local, 12 horas à frente do horário de Brasília):

Sexta-feira (19)

  • 0h40: chegada a Hiroshima
  • 17h: reunião com o primeiro-ministro da Austrália, Anthony Albanese

 

Sábado (20)

  • 10h: reunião com o presidente da Indonésia, Joko Widodo
  • 15h: primeira sessão de trabalho do G7, com o tema “Trabalhando juntos para enfrentar múltiplas crises”
  • 17h55: reunião com o presidente da França, Emmanuel Macron
  • 18h25: segunda sessão de trabalho do G7, com o tema “Esforços conjuntos para um planeta resiliente e sustentável”;
  • 20h: reunião com o primeiro-ministro da Alemanha, Olaf Scholz

 

Domingo (21)

  • 9h40: visita com os demais chefes de Estado e cônjuges ao Parque Memorial da Paz de Hiroshima
  • 10h30: terceira sessão de trabalho do G7, com o tema “Rumo a um mundo pacífico, estável e próspero”
  • 14h30: reunião com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres
  • 15h15: reunião com o primeiro-ministro do Vietnã, Pham Minh Chinh
  • 17h: reunião com empresários japoneses (Mitsui, NEC, Nippon Steel e Toyota) e representantes do banco de financiamento JBIC

 

Segunda (22)

  • 8h: coletiva de imprensa em Hiroshima
  • Sem horário anunciado: retorno ao Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *