Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Rural de Pinheiral realiza reunião com produtores rurais do município

A Prefeitura de Pinheiral, por meio da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Rural (SEMADER), promoveu na última quarta-feira, 27, uma reunião com os produtores rurais locais. O encontro teve como objetivo principal esclarecer dúvidas referentes à antecipação da Campanha de Vacinação para o mês de abril, a última a ser realizada no Estado do Rio de Janeiro, além de abordar detalhes sobre o processo de retirada da vacina, os prazos estabelecidos e os procedimentos necessários para garantir a eficácia da imunização, dentre outras orientações importantes.

O evento contou também com a presença de representantes do Núcleo de Defesa Agropecuária de Piraí e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro (Emater).

A febre aftosa é uma doença altamente contagiosa que afeta animais de casco fendido, como bovinos, suínos, ovinos e caprinos. A vacinação é uma medida fundamental para prevenir a disseminação do vírus e proteger o rebanho, garantindo a segurança e saúde dos animais.

Para o secretário da pasta, Fábio Nogueira, reunir os agricultores para discutir esse tema é de suma importância, pois permite compartilhar informações atualizadas sobre os protocolos de vacinação, os cuidados necessários e os prazos a serem seguidos.

“A participação ativa dos agricultores nessas reuniões demonstra o comprometimento com a saúde e o bem-estar dos animais, bem como com a sustentabilidade da atividade agrícola. Ao se manterem informados e engajados, os produtores contribuem significativamente para a proteção do rebanho e para a preservação da qualidade dos produtos de origem animal”, disse o secretário.

A médica veterinária da SEMADER, Patrícia Queiroz, explicou que a campanha a ser realizada em abril será a última no Estado do Rio de Janeiro.

“É essencial explicar a importância da participação de todos os produtores e informá-los sobre o status de livre de aftosa sem vacinação que o Estado do Rio de Janeiro passará a ser considerado após esta campanha de abril. A retirada da vacina contra febre aftosa será um avanço, porém é fundamental o empenho de todos”, falou a médica veterinária da Secretaria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *