21 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade lança novo ciclo do Ambiente Jovem no Maracanãzinho

Maior programa de educação ambiental do país reuniu as primeiras 114 turmas do segundo ano de atividade
Nesta terça-feira (17/10), a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas) lançou o novo ciclo do Ambiente Jovem com a presença de 114
 turmas de todas as regiões do estado do Rio de Janeiro. A cerimônia sediada no Maracanãzinho, Zona Norte da capital fluminense, marcou o início do segundo ano do maior programa de educação ambiental do país, que conta com uma série de novidades como o aumento da bolsa-auxílio dos estudantes, carga horária reestruturada e ampliação do número de Núcleos de Pertencimento (NUPs).
 – O que faz o Ambiente Jovem ser o maior programa de educação ambiental do país não é só o seu tamanho, e sim a nossa vontade de fazer a diferença e de construir um mundo melhor, mais justo, plural e saudável para nós para e as próximas gerações. Esse é o espírito da nossa família verde, que irá fazer história no estado”, celebrou o vice-governador, secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade e idealizador do programa – Thiago Pampolha.
Neste novo ciclo da iniciativa estadual, os estudantes matriculados e com 75% de presença nas atividades terão um aumento na bolsa de estudos mensal, que passa a ser no valor de R$ 300. Além disso, com a reestruturação e ampliação da iniciativa, o programa irá contar, ao todo, com 12.500 vagas, divididas entre 250 NUPs.
Para a ex-aluna e embaixadora do segundo ano do programa, a estudante de Geografia da UERJ Larissa Eugênio, o Ambiente Jovem é um programa que demonstra o poder de uma juventude plural e unida por um futuro mais sustentável e saudável.
 – Durante o primeiro ano, aprendemos, crescemos e agimos em prol do nosso território. Agora, neste novo ciclo, vamos expandir nossos horizontes, colaborando com mais parceiros, sensibilizando a comunidade e inspirando outros a se juntarem a nós –  contou a jovem de 25 anos que mora em Bangu, na capital do estado.
Durante os quase seis meses da capacitação, os jovens terão uma carga horária de cerca de 7h semanais, com aulas práticas, teóricas, visitas de campo e participação em eventos ligados à pauta ambiental. Os futuros agentes ambientais irão se aprofundar em temas como mudanças climáticas, resíduos sólidos, sustentabilidade e cidadania.
Entre as cidades presentes na cerimônia, estiveram estudantes de Teresópolis, Piraí, Japeri, Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia, Paraíba do Sul e Miguel Pereira. Já os NUPs da capital fluminense foram representados por bairros como Anil, Lins de Vasconcelos, Padre Miguel, Santa Cruz e Rocinha.
A iniciativa tem como objetivo formar agentes de transformação ambiental em suas comunidades, além de orientá-los sobre inserção no mercado de trabalho e em cursos de nível superior, bem como sobre alternativas de geração de renda através de uma visão empreendedora e sustentável.
Podem se inscrever no programa os jovens de 16 a 24 anos que morem nas localidades dos NUPs. As inscrições são feitas online no site www.ambientejovem.com.br.
*Sobre o Ambiente Jovem*
Promovido pela Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade do Rio de Janeiro, o Ambiente Jovem é o maior programa de educação ambiental do país e tem como objetivo formar agentes de transformação em áreas de vulnerabilidade social em todo o território fluminense.
Durante a capacitação, os jovens participam de aulas teóricas e práticas sobre a temática do meio ambiente e sustentabilidade e recebem uma bolsa de estudos de 300 reais, vinculada ao mínimo de 75% de presença nas atividades. Ao final, os estudantes apresentam um plano de intervenção sustentável para implementar na sua comunidade.
No último ano, o programa contou com 141 Núcleos de Pertencimentos espalhados por 41 cidades do território fluminense, e cinco mil estudantes beneficiados. Neste novo ciclo, o Ambiente Jovem foi reestruturado e ampliado para alcançar ainda mais jovens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *