Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos realiza programação especial de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

 
Ação, em alusão a campanha Maio Laranja, acontece em parceria com as Barcas e o VLT


Para combater a violência sexual praticada na infância e adolescência, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, em parceria com a CCR Barcas e o VLT, montou uma programação especial durante o Maio Laranja. O mês marca o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. No Rio de Janeiro, dados do Instituto de Segurança Pública, mostram que em 2023, 3.762 crianças e adolescentes foram vítimas de estupro no estado, isso corresponde a 40% de todos os casos registrados no ano. Destes 3.182 eram meninas e 572 meninos

As ações começam nesta quarta-feira (22), na estação das Barcas da Praça XV. Já na quinta-feira (23), a programação acontece no Terminal Gentileza do VLT. Nos locais, serão realizadas atividades de sensibilização com a distribuição de folders informativos, diálogo sobre a temática, além de momentos de beleza para as passageiras. O trabalho será realizado por uma equipe multidisciplinar da Coordenação de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, pela Coordenação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil do SUAS e pelo Programa Empoderadas.

– Todos nós, Governo e sociedade civil, precisamos estar atentos aos sinais das nossas crianças e adolescentes. Um dos maiores problemas do crime sexual para essa faixa etária é a subnotificação. É extremamente importante que se denuncie, que se busque ajuda, e que todos saibam que existe uma rede de acolhimento em nosso estado. Por isso, é tão importante difundirmos essa informação – destacou a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Rosangela Gomes.

Além destas atividades, durante todo o mês estão sendo realizadas palestras com jovens, capacitação de estudantes de Direito, encontros com rede comunitária e técnicos dos municípios fluminenses. No dia 29, está programado o evento “Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes: avanços, retrocessos e perspectivas”, com a proposta de debater o tema entre profissionais que trabalham com essa temática. O encontro reunirá representantes do Governo do Estado, FEPETI (Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil), Prefeitura do Rio, Ministério Público, Defensoria Pública, Ministério Público do Trabalho entre outros. Adolescentes de diferentes instituições também participarão deste debate.

Atenção especial dos pais com os riscos do mundo virtual

Dados da Safernet, ONG brasileira de referência na promoção dos direitos humanos na internet, mostram que só em 2023, foram 71.867 novas denúncias de imagens de abuso e exploração sexual infantil online. De acordo com a ONG, o número é recorde de novas denúncias ao longo dos 18 anos de funcionamento da Central de Denúncias de Crimes Cibernéticos.

Programação:

 Quarta-feira (22/05)
– Ação de conscientização e serviços de beleza
Local: Barcas Praça XV
Horário: 7h às 11:30

-Encontro da Coordenação de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente

Local: Avenida Presidente Vargas 2000 – Centro Administrativo do Metrô Rio
Horário:14 h

-Workshop Empoderadas
Local: Unigranrio – Av. Dr. Mario Guimarães 894, Centro – Nova Iguaçu
Horário: 18h às 20h30

Quinta-feira (23/05)
– Ação de conscientização e serviços de beleza
Local: Terminal Gentileza (VLT)
Horário: 7h às 12h

Quarta-feira (29/05)
Local: C.E. Professor Fonseca. Estrada de Morro Grande, s.n.,Morro Grande – Araruama/RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *