Roubo de cargas: números de ocorrências ainda preocupam na Baixada Fluminense

Firjan Caxias e Região retoma debate sobre medidas para coibir o crime em mais uma reunião do Grupo de Trabalho sobre Roubo de Cargas

A mais recente análise sobre o Panorama do Roubo de Cargas no Estado do Rio de Janeiro feita pela Firjan, foi pauta nesta quinta-feira (11/4), na 7ª reunião do Grupo de Trabalho sobre o Roubo de Cargas, criado pela Firjan Caxias e Região. O estudo da federação aponta que houve, no primeiro bimestre do ano, uma redução de 42,6% no número de casos na Baixada Fluminense. Inferior a 2023, quando nos meses de janeiro e fevereiro foram registradas 270 ocorrências, as 155 deste ano mantém o foco do trabalho integrado entre empresários, forças de segurança e órgãos públicos na busca por medidas que contribuam para o combate a esse tipo de crime na região, considerada alvo logístico para o escoamento dos produtos roubados.

Os empresários e representantes dos comandos das forças de segurança, polícias Militar, Civil e ainda Ministério Público, Detran e Cispbaf, destacam que as reduções no número de ocorrências observadas desde 2023 devem ser comemoradas, mas o cenário ainda não é favorável. “Seguimos numa constante em que verificamos reduções no número de casos, mas é evidente que ainda há muito a ser feito. É importante que o trabalho de investigação entre os órgãos de segurança seja reforçado para que se consiga identificar e combater de forma efetiva esse tipo de crime”, destacou o presidente da Firjan Caxias e Região, Roberto Leverone.

Na última edição anual do Panorama de Roubos de Cargas, a Firjan apontou uma redução de 24% no número de casos em 2023 comparado a 2022. Foram feitos 3.225 registros ano passado, o que representa em média, cerca de 9 roubos de cargas por dia no Rio de Janeiro, um prejuízo de R$ 283 milhões. Em 2023, a Baixada Fluminense concentrou o maior número de ocorrências. Enquanto no estado houve queda, na região foi verificado um aumento de 0,4% no número de casos. De acordo com estudo da Firjan, feito com base nos dados do Instituto de Segurança Pública (ISP)​, em 2023 foram contabilizados 1514 crimes nos municípios de Duque de Caxias e São João de Meriti. No ano anterior foram 1508.

Polícia Militar enfatiza redução de casos em área de atuação na Baixada, abrangendo 6 municípios

O comandante da Polícia Militar, coronel Roberto Dantas, apresentou na reunião os resultados de operações que geraram redução de ocorrências nas áreas de abrangência pela Baixada Fluminense. Numa área que compreende os municípios de Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São João de Meriti, Queimados, Magé, Guapimirim e Belford Roxo, a corporação destaca uma redução de 45,5% no número de casos entre janeiro e abril deste ano. No somatório dos quatro primeiros meses de 2024 foram registrados 278 roubos de carga, ante 510 do mesmo período de 2023.

O coronel destacou a importância da atuação do Grupo de Trabalho sobre Roubo de Cargas, com ação integrada entre as forças de segurança e órgãos públicos, para o debate sobre medidas que contribuam para coibir o crime. “Podemos observar através dos números a diminuição do número de roubo de cargas. Devemos continuar com esse grupo de trabalho, cada vez mais forte, com a participação de outros agentes para que possamos diminuir ainda mais esses casos na Baixada Fluminense”, pontuou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *