21 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Rita Lee, ícone do rock brasileiro, deixa a sua marca no MIS

Acervo da cantora conta com 393 itens entre partituras, audiovisual, textos e muito mais


O Museu da Imagem e do Som (MIS), equipamento do Governo do Estado, disponibiliza aos fãs da rainha do rock brasileiro, Rita Lee, o acervo da cantora com 393 itens entre partituras, audiovisual, biblioteca, iconografia e textos, da sua obra, fundamental para a cultura brasileira.

Aos 75 anos de idade, Rita Lee se despediu do palco da vida, onde reinou por 60 anos como umas das maiores artistas do Brasil, conquistando milhões de fãs, de todas as idades. O MIS guarda parte desse legado e será porta-voz para que pesquisadores e apreciadores da estrela do Rock mantenham viva, por meio do seu legado, a história da artista.

A notícia sobre a partida de Rita Lee, foi confirmada na manhã desta última terça-feira (9) em suas redes sociais e de seu marido, Roberto de Carvalho. O governador Cláudio Castro lamentou a morte da cantora, que fica, agora, eternizada na história cultural brasileira.

– Rita Lee, a rainha do rock brasileiro, era sinônimo de talento. Não há dúvidas de que suas múltiplas atribuições e dons fizeram dela uma das mulheres mais influentes e icônicas do Brasil. Não há como pensar na música brasileira sem a sua irreverência, ironia, carisma e voz potente. Símbolo de uma geração, ela foi uma mulher além do seu tempo e suas músicas foram a trilha sonora da vida de muitos de nós – declarou Cláudio Castro.

Para os apreciadores da obra de Rita Lee, o museu disponibiliza a pesquisa online por meio do Centro de Pesquisa, e tudo é via agendamento através do e-mail [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *