Quissamã inicia vacinação contra a poliomielite

A Prefeitura de Quissamã iniciou a vacinação contra a poliomielite nesta segunda-feira (3). A expectativa da campanha é reduzir o número de crianças não vacinadas e o risco de reintrodução do poliovírus no Brasil, além de reforçar medidas para a erradicação da doença. A secretaria municipal de Saúde disponibiliza o Centro de Saúde e as Unidades de Saúde da Família (USFs) para aplicação das doses, com horário de funcionamento de 8h às 16h.

A campanha segue de acordo com o cronograma estabelecido pelo Ministério da Saúde, com todas as crianças menores de 5 anos tendo acesso ao imunizante. Menores de 1 ano devem atualizar a caderneta e crianças de 1 a 4 anos devem receber uma dose da vacina. A meta do município é vacinar 95% do público-alvo.

Segundo a coordenadora do Programa de Imunização, Natália Vilaça, é importante que a população também realize a atualização do cartão vacinal, disponível nas unidades.

“A vacinação é a única forma de prevenção de certas doenças. Para a poliomielite, todas as crianças menores de cinco anos de idade devem ser vacinadas conforme esquema de vacinação de rotina e na campanha nacional anual. O esquema vacinal contra a poliomielite é de três doses da vacina injetável, aos 2, 4 e 6 meses, e mais duas doses de reforço com a vacina oral bivalente, a gotinha”, disse.

A poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada por um vírus que vive no intestino, chamado poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas infectadas e provocar ou não paralisia. Nos casos graves, em que acontecem as paralisias musculares, os membros inferiores são os mais atingidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *