Queimados firma convênio para realizar mutirão de cirurgias eletivas e zerar fila de espera

Um convênio entre a Prefeitura de Queimados e a Fundação Educacional Dom André Arcoverde (FAA), de Valença, no Sul Fluminense, foi assinado nesta segunda (20) pelo prefeito da cidade da Baixada, Glauco Kaizer, e o Presidente da Instituição, José Rogério Moura de Almeida Neto. O objetivo da parceria é acelerar o atendimento de cirurgias eletivas em pacientes regulados pelo município da região metropolitana.   

 

Cerca de 500 pacientes serão atendidos no Hospital Escola de Valença, que é referência nestes tipos de procedimento. O convênio contempla as seguintes cirurgias: Colecistectomia e Colecistectomía videolaparoscópica; Hernioplastia epigástrica, Incisional, inguinal (bilateral), Crural (Unilateral) e umbilical; Histerectomia (por via vaginal), com anexectomia (uni/bilateral), subtotal, total, videolaparoscópica e cirúrgica com ressectoscópio; Laqueadura tubária e Miomectomia.

 

O prefeito de Queimados Glauco Kaizer falou sobre a importância da parceria com a instituição: “Estamos muito felizes, afinal, esta é uma das instituições mais conceituadas do Brasil. Em Queimados herdamos uma fila extensa de cirurgias eletivas e nosso objetivo é zerar estas filas até o fim deste ano e prorrogar esta união para que o queimadense não sofra mais com as esperas”, destacou. A secretária municipal de Saúde, Betânia Pessoa, também esteve no encontro.

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os pacientes regulados serão convocados através de contato telefônico e serão marcados os dias para a realização das cirurgias. A Prefeitura de Queimados disponibilizará transportes para a cidade da região sul fluminense ao paciente e acompanhante. O convênio tem validade de oito meses com possibilidade de renovação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *