Presidente Lula acompanha anúncio do início das obras de dragagem do Canal de São Lourenço, em Niterói (RJ)

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, participa nesta terça-feira, 2 de abril, do anúncio do início das obras de dragagem do Canal de São Lourenço, em Niterói (RJ). A iniciativa amplia o acesso da infraestrutura aquaviária ao Complexo Industrial e Portuário de Niterói. Os ministros Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos) e Márcio Macêdo (Secretaria-Geral da Presidência), além do ministro da Pesca e Aquicultura substituto, Carlos Mello, acompanham o presidente.

A obra soma R$ 157 milhões em investimentos, sendo R$ 137 milhões provenientes da Prefeitura de Niterói e R$ 20 milhões da Companhia Docas do Rio de Janeiro, empresa pública ligada ao Governo Federal.

O desassoreamento de trecho da Baía de Guanabara, entre a Ilha da Conceição e a Ponte Rio-Niterói, irá aumentar de 7 para 11 metros a profundidade (calado) do local, o que permitirá o aumento da função operacional dos estaleiros, o estímulo a novas construções de embarcações e a movimentação do setor de reparos e offshore.

A intervenção vai alavancar toda a produção dos setores e gerar, ao longo da execução da obra, cerca de 20 mil empregos diretos e indiretos. O Porto de Niterói prevê mais de 30% de aumento nas atracações e nos serviços portuários após a dragagem do Canal de São Lourenço. Seus terminais oferecem suporte completo para módulos de plataformas e equipamentos de produção de petróleo e gás.

Outro projeto será desenvolvido na mesma região: a revitalização do Terminal Pesqueiro de Niterói, por meio de acordo para a municipalização do espaço. Após a conclusão da dragagem do Canal de São Lourenço, a intenção é que o terminal se torne um entreposto de pesca, também beneficiando o setor marítimo e gerando emprego e renda.

Nesta terça, o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, junto com o presidente da PortosRio, Francisco Martins e o prefeito do Niterói, Axel Grael, ainda assinam o contrato de compra e venda de imóvel do antigo Terminal Pesqueiro. O novo terminal vai atender a indústria da pesca de todo o Rio de Janeiro, bem como irá colocar a cidade de Niterói entre as principais, no país, em captura, exportação e distribuição em grande escala de pescado industrial.

 

INVESTIMENTOS PÚBLICOS — O Governo Federal vem ampliando os investimentos nos portos do país para fortalecer o setor. A meta para este ano é alcançar a marca de R$ 2 bilhões.

“Importante destacar que saímos de 2022 de R$ 690 milhões de investimentos e, nesse ano de 2024, nossa perspectiva é chegar a R$ 2 bilhões em investimentos públicos, a exemplo de dragagens, requalificação de moles, estruturando nossos portos públicos e os delegados”, afirmou o ministro.

A carteira de investimentos previstos em portos entre 2024 e 2026 é de R$ 78,5 bilhões. Além disso, há a previsão de R$ 6 bilhões em investimentos no Túnel de Santos-Guarujá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *