21 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Prefeitura de Três Rios anuncia a construção de 200 casas populares

Para a cidade de Três Rios, o ano de 2023 foi repleto de desafios, avanços e passos largos em direção ao desenvolvimento social e econômico. Além do início de importantes obras estruturais para o município, e da entrega de tantos outros projetos que refletem diretamente no dia a dia e na qualidade de vida da população, a Prefeitura de Três Rios encerrou o ano com um anúncio muito importante: a construção de 200 novas unidades habitacionais, no âmbito do Programa Habita+.

 

A notícia veio no último dia 28, com a publicação no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro do Termo de Cooperação Técnica entre a Secretaria de Estado de Habitação de Interesse Social (SEHIS) e a Prefeitura Municipal de Três Rios. O termo trata das primeiras etapas para contratação, por meio de licitação, de uma empresa especializada para a elaboração do projeto executivo e da execução das obras.

 

“Poder contar essa novidade para nossa gente, que tanto merece, logo nesta época, que marca a renovação e a esperança, é uma realização imensa. Estamos trabalhando nesse projeto desde 2021, indo a reuniões e pedindo o apoio do Governo do Estado através do amigo e governador Cláudio Castro, que vem nos atendendo sempre. Agora é oficial, mais 200 moradias para o povo de Três Rios”, disse o prefeito da cidade, Joacir Barbaglio, o Joa.

 

As novas casas populares serão construídas no bairro Barros Franco, em um terreno que foi adquirido pela Prefeitura Municipal de Três Rios, na Rua Sebastião Barbosa, próximo ao local onde hoje já existe um conjunto habitacional.

 

Por se tratarem de habitações de interesse social, as moradias serão destinadas a famílias que residem em área de risco geológico ou em locais insalubres, assim como famílias que foram desabrigadas por eventos climáticos e/ou estejam em situação de vulnerabilidade social.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *