Prefeitura de Petrópolis e Fiocruz promovem aula inaugural do curso de atualização em Direitos Humanos, Educação Inclusiva e Atendimento Educacional Especializado

A Prefeitura e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) deram início ao curso de atualização em Direitos Humanos, Educação Inclusiva e Atendimento Educacional Especializado. O curso é destinado a professores que atuam ou que desejam atuam nas Salas de Recursos Multifuncionais da rede municipal de ensino.

A aula inaugural aconteceu na manhã desta sexta-feira (07), na Universidade Católica de Petrópolis (UCP). Cerca de 100 profissionais da Educação participaram do evento.

 

A pesquisadora do Departamento de Direitos Humanos da Fiocruz, Sônia Gertner, elogiou as salas de recursos da rede municipal de ensino. “Fiquei muito feliz de conhecer esses espaços, que são tão coloridos, alegres e onde toda criança pode aprender e tentar vencer as barreiras”, frisou. No segundo semestre, a rede chega a 78 salas de recursos na nossa rede. São espaços estruturados para receber os alunos e alunas e também proporcionar aos profissionais da Educação condições de desenvolverem seu trabalho.

O coordenador Latu Sensu e Qualificação Profissional da ENSP/Fiocruz, Gideon Borges dos Santos contou uma história comovente sobre a falta de inclusão nas escolas nas décadas passadas. “Eu vi uma aluna ser expulsa por ter uma deficiência e hoje, nós vemos essas escolas incluindo”, comentou Gideon.

A aula inaugural foi ministrada pelo professor e doutor Armando Nembri, primeiro doutor surdo em Administração do Ceará. Ele falou sobre “As relações humanas e os seus essenciais”. “Ao pensar em inclusão, direitos humanos, acessibilidade temos que entender a forma adequada de nos dirigirmos aos seres humanos. A empatia sempre deve vir acompanhada da compaixão”, ressaltou o professor e doutor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *