Policial penal e criança morrem em troca de tiros em comunidade da Zona Oeste do Rio

Um policial penal e um menino de 8 anos morreram baleados, no início da tarde desta quarta-feira (29), durante uma troca de tiros na comunidade Cavalo de Aço, na Zona Oeste do Rio.

Além deles, um suspeito de tráfico de drogas foi atropelado pelo agente e levado para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo.

De acordo com as primeiras informações da polícia, o policial penal Otávio José Lins Brasil, de 59 anos, seguia em um captiva preto blindado pela Estrada dos Coqueiros, em Senador Camará, quando teria entrado por engano na comunidade Cavalo de Aço.

Ele teria se assustado com a presença de homens armados e tentou fugir do local. Foi quando atropelou um motociclista que, segundo relatos, seria traficante de drogas. A moto ficou presa embaixo do veículo.

Na Avenida Santa Cruz, o policial desceu do veículo para ver o que tinha acontecido quando teve início uma troca de tiros com bandidos que o seguiam. Ele foi baleado. Já a criança de 8 anos teria sido vítima de bala perdida.

Policiais civis da 34ª DP (Bangu) e policiais militares do 40º BPM (Campo Grande) foram acionados e estão no local.

A Delegacia de Homicídios da Capital investiga o caso, e agentes foram até a região para colher depoimentos e entender a dinâmica do que levou à morte de Otávio.

A Secretaria de Administração Penitenciária afirmou que lamenta o ocorrido e que abriu uma sindicância para apurar a circunstâncias do fato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *