Polícia prende funcionário de obra da muralha na Penitenciária Federal em Porto Velho

Homem havia sido contratado para realizar o trabalho de eletricista e estava com um mandado de prisão em aberto

A Polícia Penal Federal prendeu, neste sábado (20/4), um funcionário da obra de construção da muralha na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia. O homem, que havia sido contratado para realizar o trabalho de eletricista, estava com um mandado de prisão em aberto.

Ele se apresentou à unidade neste sábado para dar início ao serviço, mas foi detido por integrantes do Grupo de Ações Especiais Penitenciárias (GAEP) e da Divisão de Segurança e Disciplina (DISED) e conduzido à central de flagrantes da Polícia Civil, em Porto Velho.

A ação só foi possível por conta do trabalho de inteligência realizado pela Coordenação-Geral de Inteligência do Sistema Penitenciário Federal (CGIN), em conjunto com a Divisão de Inteligência (DINT) da unidade prisional em Porto Velho. Após cruzamentos de dados, as equipes de inteligência constataram que o homem era procurado pela Justiça.

A atuação dos agentes penais neste sábado segue a determinação do secretário nacional de Políticas Penais, André Garcia, de aprimoramento e mais rigor nos procedimentos de segurança e inteligência nas cinco unidades do Sistema Penitenciário Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *