PM faz operação para tentar prender ladrões que roubaram subestação de energia do metrô; Linha 2 ficou parada por 1 hora

Um roubo de cabos afetou a circulação da Linha 2 do Metrô Rio, na Zona Norte, no início da manhã desta terça-feira (14). Segundo a concessionária, durante a madrugada bandidos invadiram a subestação de energia de Colégio e fizeram funcionários reféns. A operação só começou a ser retomada às 6h20.

Policiais militares do 41º BPM (Irajá) foram mobilizados para uma operação emergencial na comunidade do Para-Pedro a fim de tentar recuperar os bens e prender os assaltantes.

Com vigias e operadores rendidos, os ladrões arrancaram fios de cobre, arrombaram armários e reviraram escritórios. O bando fugiu, libertando os reféns, e ninguém se feriu. O Metrô Rio só religou o sistema depois de levantar os danos na subestação e afastar riscos.

O crime deixou a Linha 2 sem energia e, por isso, a operação foi prejudicada no trecho da Zona Norte, afetando 16 estações e impondo atrasos a passageiros. Outro problema que atrapalhou a mobilidade do carioca nesta terça-feira foi um acidente que travou a Linha Amarela, na altura de Bonsucesso.

Estações fechadas:

  • Pavuna
  • Engenheiro Rubens Paiva
  • Acari/Fazenda Botafogo
  • Coelho Neto
  • Colégio
  • Irajá
  • Vicente de Carvalho
  • Thomaz Coelho
  • Engenho da Rainha
  • Inhaúma
  • Del Castilho
  • Maria da Graça
  • Triagem
  • Maracanã
  • São Cristóvão
  • Cidade Nova

 

As plataformas dessas estações ficaram lotadas enquanto os trens iniciavam a operação.

Subestação do Metrô Rio de Colégio — Foto: Reprodução/TV Globo
Subestação do Metrô Rio de Colégio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *