Ônibus do Fortaleza é apedrejado após empate com Sport; jogadores ficam feridos e vão para hospital

Após o empate contra o Sport, o ônibus do Fortaleza foi apedrejado na saída da Arena Pernambuco. Seis jogadores ficaram feridos e precisaram ser encaminhados ao hospital.

Segundo o Fortaleza, Titi, Brítez, João Ricardo, Sasha, Dudu e Escobar precisaram ser levados ao Real Hospital Português, no Recife. O ataque ocorreu nas imediações do bairro Curado, próximo do Atacadão dos Presentes.

Em vídeo divulgado pelo próprio clube, é possível ver várias janelas quebradas, e cacos de vidros estilhaçados sobre as poltronas. Alguns dos assentos estão sujos de sangue.

 

O CEO Marcelo Paz, o presidente Alex Santiago e membros da diretoria acompanharam os atletas ao hospital. Os demais jogadores do elenco voltaram ao hotel.

Marcelo Paz fez um vídeo mostrando a situação dos atletas dentro do ônibus na saída do estádio.

– Atingiram nossos jogadores. O Dudu está aqui sangrando. Isso é um absurdo. Não cabe mais no futebol brasileiro. Estamos todos revoltados aqui – disse Marcelo nas redes sociais.

O meia-atacante Yago Pikachu postou a foto de uma pedra e dos encostos dos ônibus com sangue.

– Covardia. Cinco jogadores para o hospital – publicou o atleta.

Fortaleza, Pikachu, pedra — Foto: Reprodução/Instagram

Posteriormente ao ocorrido, na madrugada desta quinta, o presidente do Sport, Yuri Romão, foi ao hospital prestar apoio à delegação do Fortaleza. Ele e Marcelo Paz falaram com o ge, onde foram prestados mais detalhes sobre a situação dos atletas. O Leão postou nota de repúdio, enquanto o Tricolor do Pici soltou nota oficial detalhando a situação dos atletas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *