Morre motociclista baleado por policial militar na Cidade de Deus; PM alega que disparo foi acidental

Um motociclista morreu após ser baleado por um policial militar na noite de terça-feira (4) na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio. Testemunhas afirmam que o homem desobedeceu a uma ordem de parada. A PM afirmou que um agente disparou acidentalmente.

Imagens gravadas após os disparos mostram o homem caído e os policiais o carregando para dentro da viatura. Ele foi identificado como Luiz Fernando do Carmo Fontes, de 27 anos, e era fiscal de voo de asa-delta.

Amigos e familiares afirmam que ele morava na Cidade de Deus com a companheira e estava indo para a casa da mãe, na Taquara.

 

A Polícia Militar afirmou que agentes do 18ºBPM (Jacarepaguá) avistaram uma moto com um homem em atividade suspeita na Estrada dos Bandeirantes, na altura do Karatê, e houve um cerco tático. Ainda de acordo com os PMs, a moto entrou na Rua Gusmão Lobo, um dos acessos à Cidade de Deus.

A PM disse ainda que um dos agentes disparou acidentalmente e Luiz Fernando foi atingido, sendo socorrido pelos policiais e levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge e, posteriormente, transferido para o Hospital Municipal Miguel Couto.

O caso foi registrado na 32ªDP (Taquara).

A PM afirmou que os policiais que participaram da perseguição utilizavam câmeras corporais e foi aberto um procedimento para apurar as circunstâncias dos fatos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *