Ministra do Turismo se reúne com representantes do setor aéreo

 Democratizar o acesso à aviação para que mais pessoas possam voar pelo país é um compromisso assumido pelo governo federal. Em mais um passo nesta construção, a ministra do Turismo, Daniela Carneiro, se reuniu na última sexta-feira (12/05), em São Paulo (SP), com representantes das companhias aéreas Latam, Gol e Voepass para tratar do tema.
O objetivo foi de conhecer as estruturas das companhias e estreitar o diálogo sobre fatores que interferem no preço dos bilhetes aéreos, além de ações conjuntas que possam ampliar a conectividade aérea no país.
“O setor aéreo é um importante meio de conexão de destinos e pessoas. Mais turistas viajando pelo país significa mais empregos e renda gerados por meio da ampliação desta movimentação, impactando toda a cadeia produtiva do turismo. Por isso, estamos construindo soluções, em parceria com as companhias áreas e representantes do setor, para possibilitar que mais pessoas tenham a opção de usar este importante meio de transporte a preços mais acessíveis e com maior oferta de conexões”, explicou a ministra Daniela Carneiro.
A primeira agenda do dia ocorreu na sede da Latam, com o presidente-executivo da companhia, Jerome Cadier; a diretora de Assuntos Corporativos da Latam, Maria Elisa; e a gerente de Assuntos Regulatórios, Tatiane Viana.
A Latam opera, hoje, em 55 destinos e, no primeiro trimestre deste ano, teve a maior participação entre os 23,8 milhões de passageiros que passaram pelos aeroportos brasileiros (37,5%).
Na sequência, a ministra se reuniu com o presidente da Voepass, José Luíz Felício; e o diretor de Desenvolvimento de Negócios, Carlos Alberto Cordeiro Damião. A companhia é a mais antiga em operação no país, com 27 anos de atuação. Hoje, opera em 40 destinos, tendo como foco a aviação regional.
Ainda nesta sexta-feira, a ministra Daniela Carneiro se encontrou com o CEO da Gol, Celso Ferrer; e a diretora de Relações Institucionais, Renata Fonseca; a vice-presidente de Clientes, Carla Fonseca; o vice-presidente Comercial, Eduardo Bernardes; e o assessor da presidência Alberto Fajerman.
Por dia, são transportados cerca de 100 mil passageiros pela companhia, que voa para 73 destinos no país. Lá, a ministra conheceu o Centro de Engenharia da empresa que acompanha, em tempo real, a operação de voos, a partir de uma série de indicadores, como partidas e chegadas, taxa de pontualidade, condições do clima, entre outros.
Também participaram dos encontros o chefe da Assessoria Especial de Assuntos Técnicos e Normativos, Wilken Souto; e a presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), Jurema Monteiro.
Sobre o tema, desde o início do ano, a ministra do Turismo já vinha dialogando com representantes da Associação Brasileira de Empresas Aéreas e da Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA), com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates.
NÚMEROS DA AVIAÇÃO – Em março deste ano, 7,4 milhões de passageiros se locomoveram em viagens pelo país – número 15,5% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, mas ainda 3,5% abaixo do volume pré-pandemia (2019). No primeiro trimestre do ano, o número de passageiros ultrapassa a marca de 23,8 milhões.
Em relação a chegada de turistas internacionais, foram mais de 2,3 milhões no primeiro trimestre do ano, superando o registrado em 2019, ano pré-pandêmico, quando cerca de 2,29 milhões de turistas entraram no país. Com a alta na movimentação, os gastos destes turistas também cresceram e contabilizaram o melhor mês de março dos últimos seis anos, incremento de US$ 570 milhões a partir da chegada de 577,2 mil turistas internacionais no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *