Maricá: ICTIM firma parceria com a UFRRJ para produção de cogumelos

Serão instaladas seis estufas em residências de agricultores selecionados pelo projeto Horta em Casa

A Prefeitura de Maricá e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFFRJ) firmaram parceria para produção de cogumelos e instalação de seis estufas em residências de agricultores selecionados pelo projeto Horta em Casa. O convênio, com duração de dois anos, foi assinado na segunda-feira (06/02) pelo Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM) e integra o Programa Bem Viver Alimentar.

Estão previstas a produção de cogumelos shitake e shimeji. As famílias selecionadas farão parte de um processo de pesquisa para o desenvolvimento, produção e receberão equipamentos, infraestrutura, insumos e serviços de extensão agrícola.

O objetivo do Bem Viver Alimentar é criar parcerias com empresas e instituições de ensino para o desenvolvimento de novos produtos e tecnologias na produção de alimentos orgânicos, agroecológicos e da agricultura familiar, permitindo infraestrutura necessária para modernização do processo produtivo local e utilizando práticas sustentáveis em todas as etapas do projeto.

De acordo com o presidente do ICTIM, Celso Pansera, a produção de cogumelos em estufa é uma forma sustentável e com capacidade de financiamento a partir do Banco Mumbuca. “A ideia é criar uma complementação de renda para as famílias de Maricá. A Universidade Rural tem especialistas e uma base de produção de sementes e cogumelos para transferir todo esse conhecimento aqui para Maricá”, destacou Celso Pansera.

O reitor da UFRRJ, Roberto de Souza Rodrigues, ressaltou que a parceria com o município visa o desenvolvimento local e de geração de renda. “Trabalhamos com ensino, pesquisa e extensão na perspectiva de melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores da região, dando uma longevidade dentro da própria agricultura familiar”, afirmou o reitor.

Na reunião estavam presentes o ex-reitor da UFRRJ, Ricardo Berbara; o pesquisador Sael Sánchez Elías; o diretor de Inovação e Científica do ICTIM, Cláudio Gimenez; e o chefe de gabinete da autarquia, Carlos Senna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *