Lula chama ataque a creche de ‘monstruosidade’ e lamenta mortes de crianças

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lamentou o ataque a uma creche particular, nesta quarta-feira, na cidade de Blumenau. Pelas redes sociais, o presidente chamou o ataque de “monstruosidade” e afirmou que a “tragédia” é “inaceitável”.

“Não há dor maior que a de uma família que perde seus filhos ou netos, ainda mais em um ato de violência contra crianças inocentes e indefesas. Meus sentimentos e preces para as famílias das vítimas e comunidade de Blumenau diante da monstruosidade ocorrida na creche Bom Pastor” , escreveu Lula.

O presidente afirmou também que a tragédia é “inaceitável” e que é um ato “absurdo de ódio e covardia”.

“Para qualquer ser humano que tenha o sentimento cristão, uma tragédia como essa é inaceitável, um comportamento, um ato absurdo de ódio e covardia como esse”.

Um homem de 25 anos invadiu a creche Cantinho Bom Pastor, em Blumenau (SC), armado com uma machadinha, e matou pelo menos quatro crianças. Samu, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar estão no local. Após o ataque, o homem se entregou e foi preso.

Em nota, a PM informou que o homem de 25 anos “adentrou em um estabelecimento educacional localizado no bairro Velha e atentou contra a vida de infantes do local”.

“Foram confirmados 4 óbitos e outras vítimas foram encaminhadas aos hospitais da cidade para atendimento”, acrescenta a nota, sem precisar a quantidade exata de feridos. “O autor se entregou na guarda do 10ºBPM, onde foi preso e encaminhado à Polícia Civil para as providências”.

A primeira-dama, Janja da Silva, também lamentou o ataque pelas redes sociais e afirmou que acompanha com “muita angústia” as notícias.

“Acompanhando com muita angústia as notícias sobre o ataque a uma creche em Blumenau. Toda minha solidariedade e carinho neste momento difícil para as famílias e toda a população da cidade”.

O ministro da Educação, Camilo Santana, também prestou solidariedade às famílias e afirmou que o ataque gerou angústia à população.

“Recebemos chocados a informação do ataque a uma creche em Santa Catarina, vitimando crianças indefesas e provocando uma dor imensurável às famílias e angústia à população. Minha solidariedade a todos diante dessa tragédia, que comove o país”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *