Japeri: Equipes da saúde reforçam apoio às vítimas das chuvas

O sol continua aparecendo na cidade de Japeri, mas o trabalho das equipes da Prefeitura que acompanham as regiões mais afetadas pela chuva do último final de semana continua intenso. A Defesa Civil, as secretarias municipais de Assistência Social e Saúde estão atuando em conjunto no atendimento da população que mais precisa.

Nesta quarta-feira (17), as equipes percorreram os bairros do Mucajá e Marajoara para monitoramento e cadastramento das famílias. Além do transtorno causado pelo alagamento e a sujeira causados pelas chuvas, há perda de documentos, móveis, colchões e roupas. E para dar apoio a este público, assistentes sociais comparecem a cada uma das residências.

Nesta quarta-feira (17), as equipes percorreram os bairros do Mucajá e Marajoara para monitoramento e cadastramento das famílias. Além do transtorno causado pelo alagamento e a sujeira causados pelas chuvas, há perda de documentos, móveis, colchões e roupas. E para dar apoio a este público, assistentes sociais comparecem a cada uma das residências.

De acordo com o clínico geral, Leonardo Rodrigues, que está fazendo parte da equipe itinerante de apoio às vítimas, o trabalho visa ajudar as famílias nos atendimentos médicos. ” Estamos realizando essas visitas domiciliares para cadastrar aquelas pessoas que, por um acaso, perderam suas cadernetas de vacinação, que precisam de medicação de uso contínuo ou atendimento médico. Esta ação, visa facilitar a vida destas pessoas que estão passando por este momento difícil”, disse.

Já a Defesa Civil está realizando vistorias de campo, com orientações e atendimentos emergenciais. O órgão está com agentes nas ruas desde o início da chuva de sábado (13), para atender eventuais ocorrências. 

O Secretário da pasta , Ziel Pavani, falou que a força tarefa está empenhada em atender os moradores mais necessitados. ” Estamos realizando vistorias nos bairros todos os dias, com a ajuda da Assistência Social e da Saúde, para cadastrar todas as famílias que estão precisando de auxílio neste momento”, declarou.

Até o momento, 329 pessoas foram assistidas pelo município. Entre os atendidos estão moradores dos bairros São Jorge , Transmontano , Nova Belém, Guandu, Chacrinha, Alecrim, Marajoara e Mucajá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *