Idosos do Abrigo Cristo Redentor aproveitam dia de sol em Copacabana

O passeio faz parte do Cultura do Pertencimento, projeto do Governo do Estado que leva pessoas em situação de vulnerabilidade a lugares culturais e de lazer

Sol, mar, e água de coco. Foi assim a manhã de 10 idosos do Abrigo Cristo Redentor. Eles aproveitaram essa terça-feira, 07, para curtir a praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. Esse é mais um passeio promovido pelo projeto Cultura do Pertencimento, criado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

Além de banho de mar, teve um café da manhã especial. Nem as limitações físicas diminuíram a alegria, eles aproveitaram cada segundo, e não queriam mais ir embora.

“Fui criado na praia, gosto muito. Ia para São Conrado, Barra da Tijuca, Copacabana e Leblon. É bom para curar a dor, e já faz uns 20 anos que eu não vinha”, disse o idoso Lucas Viegas, de 69 anos. Ele entrou no Abrigo recentemente, mas já aproveitou diversos passeios.

A animação dos idosos contagia até a equipe. Os cuidadores entraram na água para auxiliar, com todos os cuidados, aqueles que queriam tomar banho de mar.

“Estamos aqui fazendo um passeio terapêutico. Isso é muito importante porque nossos idosos também precisam ‘arejar a mente’, como se diz. Eles aproveitam bastante, e pra gente sempre é um prazer vê-los felizes”, ressaltou Cristiane Araujo, assistente de direção no Abrigo.

Não é a primeira vez que os idosos vão à praia. Pelo menos duas vezes no ano esse passeio é proporcionado, para que possam curtir o dia como faziam antigamente. Mas, para a dona Regina, mais conhecida como Regininha, que acabou de entrar no Abrigo, essa foi a primeira vez que ela viu o mar.

“Eu morava na roça, nunca tinha visto a praia de perto. É muito bom, quero ficar toda hora aqui na água”, comentou ela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *