13 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Governo do Estado lança Jogos Escolares do Rio de Janeiro

Uma competição inédita, gratuita e aberta a todos os alunos da rede básica de ensino, com disputas em escolas de todas as regiões do estado. Essa é a proposta dos Jogos Escolares do Rio de Janeiro (Jerj), novo programa do Governo do Estado, apresentado nesta quinta-feira (13/06), pelo governador Cláudio Castro, no Palácio Guanabara. O programa é realizado pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer em parceria com a Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro (Feerj) e teve mais de 5 mil inscrições de alunos de escolas públicas e privadas. Pela primeira vez, competições serão realizadas no interior do estado e não apenas na capital.
 
– Se não transformarmos a nossa educação numa educação interessante, que gere vínculo com o aluno, desperdiçamos a oportunidade de extrair o melhor de cada um. É necessário trabalhar as vocações para formarmos grandes cidadãos no futuro, seja no esporte, no mercado de trabalho ou mesmo dentro de casa. O Jerj chega para contribuir nesta missão – declarou o governador Cláudio Castro.
 
A competição é destinada a jovens de 11 a 17 anos e contempla 20 modalidades esportivas que incluem atletismo, basquete, futsal, ginástica artística, natação, vôlei, entre outras. Com um calendário fixo de competições, terá etapas pré-classificatórias que vão percorrer as cinco regiões administrativas do estado. A grande final será realizada na capital fluminense.
 
Além de troféus e medalhas, os vencedores ganham a oportunidade de representar o Rio de Janeiro em competições organizadas pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) e pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) em diversas partes do país. A iniciativa também prevê a inscrição dos alunos em torneios como os Jogos Escolares Brasileiros e os Jogos da Juventude. 
 
– Poder realizar os Jogos Escolares do Rio de Janeiro é, de fato, um momento muito marcante, pois nos sinaliza que os próximos anos são de construção e fortalecimento do esporte como um instrumento que realmente muda a vida das pessoas, gera melhores perspectivas para os nossos jovens e faz com que todos possam vibrar com um ambiente produtivo, construtivo e principalmente educativo –  conta Rafael Picciani, secretário de Estado de Esporte e Lazer.
 
Para competições nacionais, o Governo do Estado do Rio vai fornecer equipe técnica e de apoio, passagens aéreas e terrestres, acomodações e uniforme completo para os participantes (casaco, calça, blusa social e de competição, bermuda, meias, tênis, garrafa plástica e bolsa de viagem).
 
– O Rio de Janeiro tem sido um exemplo muito positivo para nós, porque um dos grandes objetivos dos Jogos da Juventude, um evento organizado pelo COB há mais de 20 anos, é que a gente tenha os melhores atletas de cada um dos estados representados no nosso evento nacional – afirmou o diretor de Desenvolvimento e Ciências do Esporte do COB.
 
Estreia com mais de 5 mil inscritos
 
Os Jogos Escolares do Rio de Janeiro serão realizados no período de 15 de junho a 30 de agosto, em locais e datas disponibilizados no Boletim Oficial do Jerj,acessível no site jerj.com.br. Foram 5.177 alunos inscritos nas competições, que serão realizadas em duas etapas.
 
A primeira etapa regional acontecerá na Região Metropolitana I, Região Metropolitana II, Região Serrana/Lagos, Região Norte/Noroeste e Sul Fluminense. Os primeiros colocados nas etapas regionais (pré-classificatórias) serão selecionados para a segunda etapa, a estadual. Os diretores ou professores de Educação Física são os responsáveis pela inscrição nas unidades.
 
– O esporte corrobora para a melhoria da qualidade de educação. Mais de 60 quadras foram reformadas e cobertas. A gente precisa acreditar nos nossos estudantes. E sabemos que isso ajuda nas melhorias de resultados também na aprendizagem. Fui medalhista nos Jogos Escolares da minha época, e sei o que significou na minha vida em termos de disciplina e foco. Que todos vocês possam sempre nos ajudar a construir uma juventude melhor para o Estado do Rio de Janeiro – ressaltou a secretária de Educação  Roberta Barreto.
 
Os recursos do programa são provenientes da Lei Pelé, do Governo Federal, e vão garantir a realização do Jerj pelos próximos dois anos (R$11,9 milhões no total; R$5,9 milhões/ ano), período que pode ser renovado por mais dois anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *