‘Golpe do videogame’: homem é preso por enganar anunciantes de consoles na internet

A Polícia Civil do RJ prendeu nesta terça-feira (9) um homem suspeito de integrar a quadrilha do “golpe do videogame”Matheus Rodrigues Alves, de 25 anos, foi preso pela 81ª DP (Itaipu) por tentativa de crime de estelionato, crime de associação criminosa e crime de resistência.

Segundo as investigações, os golpistas mantêm perfis falsos de mulheres e abordam usuários que anunciam, nas plataformas de compra e venda, consoles de videogames. Os aparelhos custam a partir de R$ 2,5 mil.

No contato, os criminosos, se passando por garotas, dizem que têm um irmão ou um parente interessado no jogo e levam a conversa para o WhatsApp. Lá, o “negócio” é fechado, mas o golpista envia um comprovante de pagamento falso.

A quadrilha conclui o golpe pedindo a um motorista de aplicativo — que na maioria das vezes não sabe do crime — que busque o videogame.

Nesta terça-feira, um anunciante de Niterói suspeitou do contato e pediu ajuda a policiais civis. Agentes seguiram o motorista de aplicativo até o Vidigal, na Zona Sul do Rio de Janeiro, onde Matheus acabou preso.

A 81ª DP localizou pelo menos mais 2 queixas contra Matheus com relatos semelhantes e descobriu outras investigações sobre videogames entregues no Vidigal.

Matheus possui 8 anotações entre crimes e atos infracionais, como associação para o tráfico de drogas, tortura, homicídio, roubo e sequestro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *