Feira multicultural abre opção de lazer para a terceira idade em Nova Iguaçu

Neide Garcia, de 80 anos, é moradora de Tinguá, em Nova Iguaçu, e tem uma paixão: a dança. E é na Feira Multicultural do município que aproveita para colocar os passos em dia ao lado do marido, Paulo Cesar de Oliveira Silva, de 68. O evento conta com música ao vivo, feiras de artesanato e de produtores rurais, gastronomia local, espaço educativo e de incentivo à leitura.

 

Gratuita, a feira acontece a cada quinze dias. A realização fica por conta da prefeitura de Nova Iguaçu, através da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (Fenig) com apoio das secretarias municipais de Meio Ambiente, Cultura e de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, além das organizações Expo Tinguá e Rua Gastronômica de Tinguá.

Contadora aposentada, Neide conta que a dança tem sido transformadora em sua vida. Após os três filhos criados, ela viu na dança de salão um modo de exercitar corpo e alma. Nas aulas de dança conheceu o segundo marido, Paulo.

— Mudei para Tinguá em busca de tranquilidade. Vou à missa na Igreja de Nossa Senhora da Conceição todos os domingos e vi que havia o evento de lazer acontecendo na praça onde fica a igreja. Agora, saio da missa e vou curtir as atrações da feira e a música. Gosto de bolero, samba e de dançar soltinha também — conta Neide, que destaca a importância das atividades para a família e em especial para a terceira idade.

A Feira Multicultural Tinguá na Praça foi criada em setembro de 2022 para promover os encantos históricos e naturais da região, o talento dos artesãos, produtores rurais e gastronômicos. As atrações musicais começam às 16h, mas, desde cedo, o público já pode ocupar a praça e ver as novidades das feiras, além das atividades educativas para a criançada na tenda Livros para Voar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *