20 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Estudantes de Japeri recebem medalha por participar do ‘Caça Asteroide’

Os alunos acharam um possível corpo celeste preliminar que será avaliado pela Universidade de Harvard

Um computador na mesa, muita concentração e olhos atentos às imagens: foi assim que os alunos da Escola Municipal Professora Etiene de Souza, de Japeri, acharam um possível asteroide preliminar. A busca pelos corpos celestes aconteceu graças a uma parceria entre o Governo Federal e International Astronomical Search Collaboration (IASC/NASA Partner), através do programa ‘Caça Asteroide’. Nesta quarta-feira (1), os estudantes japerienses ganharam uma medalha pela descoberta.

O Caça Asteroides MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações) tem como objetivo popularizar a ciência entre os cidadãos voluntários. E quem teve a iniciativa de inscrever os estudantes para participarem da grande experiência foi o professor de geografia, Thiago Silva.

De acordo com o educador, os alunos recebiam imagens captadas por um telescópio de 1.8 metros pertencentes à Universidade do Havaí. “A busca começou no primeiro semestre deste ano e após um mês de muita análise achamos um possível asteroide. Essa foi a primeira vez que a escola participou dessa iniciativa e é gratificante ver que os estudantes se saíram bem logo de primeira”, disse ele.

Os estudantes analisavam as imagens pelo software Astrometrica, disponibilizado pelo programa. O estudante Brian Gomes (15) foi um dos alunos a participar da iniciativa e afirmou ter gostado da experiência. “Essa foi a primeira vez que tive contato com um computador e com esses tipos de imagens e gostei muito. Se tiver uma próxima edição eu vou querer participar com certeza”, contou ele.

Outra aluna que fez parte da experiência foi a jovem Giovanna dos Santos (13). “Nunca tinha participado de nada parecido e adorei ter essa experiência para contar”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *